Receitas

Salada Quente de Batata Doce e Grão com Vinagrete de Caril

Há umas semanas atrás fui com umas amigas jantar ao novo espaço do Mercado da Ribeira, em Lisboa. Ambiente e espaço giro, tudo muito bonitinho com música ambiente (um bocadinho alta demais para mim que gosto de conversar sem ter de estar aos berros….), lugar para sentar, bora lá escolher o que comer. Percorri uma banquinha, outra, e outra e nada. Pois é, nesta nova grande sensação gastronómica da cidade a oferta de comida vegetariana é escassa e quando existe, vem acompanhada dos queijos e natas do costume. Nada que eu já não esteja habituada, ossos do ofício de ter uma alimentação totalmente vegetal num país que não está pr’aí virado, por isso continuei à procura de qualquer coisa que pudesse adaptar e foi quando já estava resignada a comer uma sopinha que parei a olhar para a ementa da “Cozinha da Felicidade” e txarãaaaaa! Uma salada quente, vegan (pelo menos segundo indicação do menu, em que eu acreditei), de batata doce e pimento assados com  grão com puré de cenoura.

1º grito interior de alegria: yeeeah, uma refeição quentinha sem queijo, ovos e semelhantes! :)

2º grito interior de alegria: yeeaaah, uma refeição vegetariana que não é uma salada de alface com tomate e milho!! :) :)

E foi assim que comi uma das refeições mais saborosas da minha vida! Uma salada a peso de ouro, tendo em conta o tamanhito que tinha, mas que valeu cada tostão! Uma combinação de sabores que adorei e um puré de cenoura tão suave e com um sabor tão diferente dos que já provei que podia comer um prato só dele que não me chateava nada! Fiquei cheia de vontade de replicar aqueles sabores em casa e foi inspirada nessa salada que nasceu esta. Alguns ingredientes diferentes, consoante a disponibilidade do frigorífico, uma dose mais substancial, que aqui em casa a malta alimenta-se bem e assim jantámos uma salada quentinha, aromática e absolutamente deliciosa.

salada1

Ingredientes (para 2-3 pessoas)

Para a salada

  • 1 batata doce bem grande e larga, aos cubos.
  • 2 cenouras médias, aos cubos pequenos.
  • 400g de grão cozido, escorrido
  • 1 couve-flor média
  • 1 cebola grande, grosseiramente picada
  • 3 dentes de alho médios, picados
  • 1 folha de louro grande
  • 1/3 colher de sobremesa de alecrim em pó
  • 1/3 colher de sobremesa de alho em pó
  • 1/3 colher de sobremesa de pimentão doce
  • 1 colher de sopa de coentros picados (ou salsa, se preferirem)
  • Azeite e sal q.b

Para o vinagrete

  • 1/2 colher de sobremesa de gengibre fresco ralado
  • 2/3 de colher de sobremesa de caril em pó
  • Sumo de 1 limão pequeno
  • 1 + 1/2 colheres de sopa de azeite
  • 1 pitada de piri-piri em flocos (ou malagueta picada) – opcional
  • Sal q.b.
  • Coentros picados a gosto (ou salsa, se preferirem)

 

Como preparar

Num tabuleiro de ir ao forno colocar de um lado os cubos de batata doce, envolvidos apenas num fiozinho de azeite, e de outro lado a cenoura, com uma pitada de sal, o alecrim em pó e um fiozinho de azeite. Assar a 190ºC durante cerca de 30min ou até estar cozinhado.

Enquanto as batatas e as cenouras assam colocar num tacho grande a cebola, o alho, o louro e um fio de azeite. Deixar refogar um pouco até amolecer. Picar a couve-flor num processador de alimentos até que fique com aspecto de arroz e envolver na cebola, juntamente com uma pitada de sal. Deixar cozinhar durante alguns minutos em lume médio-alto, mexendo sempre para não pegar, até que a couve-flor esteja cozinhada e tenha absorvido os sabores do refogado. Retirar do lume e reservar

No mesmo tacho deitar um fio de azeite e quando já estiver quentinho juntar o grão, o alho em pó, o pimentão doce e os coentros picados. Saltear durante alguns minutos, retirar do lume e reservar.

Preparar o vinagrete: numa tigela colocar o gengibre, o caril, o piri-piri, os coentros, sal, o azeite e o sumo de limão. Mexer bem para que tudo fique bem misturado e caso seja necessário, ajustar o tempero.

Junte numa taça grande o grão salteado, a couve-flor, a batata doce e a cenoura assadas e regar com o vinagrete, envolvendo tudo.

salada2

Previous Post Next Post

You Might Also Like

13 Comments

  • Reply Aislin Janeiro 18, 2015 at 10:55 am

    batata doce e grão.. se sou tua fã agora sou mais!!!! Que deliciosoooooooooooooooooo!!!

    Lá vou ter de ir cozer grão!!! :P

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Janeiro 21, 2015 at 10:55 pm

      LOL tonta ;) vai lá cozer grão que isto é memo muita bom!! :P

      BEIJO*

  • Reply Mariana Neves Janeiro 18, 2015 at 1:28 pm

    Yummy!!! Já sei o que vou fazer de almoço amanhã! :)

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Janeiro 21, 2015 at 10:54 pm

      :D Espero que experimentes e que gostes Mariana!

      beijinho grande*

  • Reply Juliana Janeiro 24, 2015 at 2:06 pm

    Conheci seu blog ontem, mas já quero fazer todas as suas receitas! Essa será a primeira. :D

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Fevereiro 3, 2015 at 9:35 am

      obrigada Juliana, fico muito contente por saber! :) Espero que goste da salada!

  • Reply Carolina Winzheimer Janeiro 24, 2015 at 5:00 pm

    Adorei o blog :D a batata doce tem o poder de transformar qualquer refeição em algo fantástico, eu sou fã :D

    http://www.myintegralis.com

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Fevereiro 3, 2015 at 9:35 am

      Obrigada Carolina! :) Tens razão, batata doce é mágica, por mim comia a toda a hora! :P

  • Reply Gori Janeiro 27, 2015 at 9:24 am

    Ainda não tinha visto isto com olhos de ver! Saladas mornas são as únicas que adoro neste tempo frio, sempre que faço a asneira de comer algo frio, o meu corpo reclama logo ;)
    Vou experimentar esta tua sugestão que me parece deliciosa. E por falar em experimentar, ontem fiz a tua receita de arroz de açafrão que ficou fantástico.
    Beijinhos

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Fevereiro 3, 2015 at 9:34 am

      Adoro saladas a toda a hora mas sim, agora não apetece coisas frias, brrr… experimenta esta, acho que vais gostar! :)

      Fico tão contente que tenhas gostado do arroz, arroz de açafrão é dos meus preferidos! :)

      beijinho*

  • Reply Na minha marmita - 10 refeições vegetarianas para comer fora de casa Abril 18, 2015 at 10:20 am

    […] e limão, Salada morna de grão-de-bico crocante e batata-doce assada, Tabbouleh de quinoa, Salada quente de batata-doce e grão com vinagrete de caril, do blog Not Guilty Pleasure, e Salada de lentilhas e cogumelos com molho de sumac e limão do […]

  • Reply Magda Alexandra Loios Susano Março 6, 2016 at 9:35 pm

    Olá.

    Hoje descobri esta página fantástica e resolvi experimentar esta receita. Ficou divina! Uma salada colorida, perfumada com sabores diferentes. ADOREI!
    Obrigada pela partilha. Acho que vou começar a ser sua leitora assídua. :)

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Março 16, 2016 at 5:23 pm

      Olá Magda, fico muito feliz que tenha gostado, é realmente uma das minhas receitas favoritas, acho que começou em grande :) espero que seja visita assídua e que goste tanto de outras receitas como desta! :) Obrigada! :)

    Leave a Reply