Receitas

Doce de Natas e Bolacha

Esta é uma das sobremesas da minha infância!
Lembro-me de termos sempre este doce em casa quando recebíamos visitas, nos dias de festa ou só porque sim.
As natas nunca me activaram a gulodice, mas misturadas com a bolacha ganham vida e eu devorava umas tigelas cheias disto!
Nunca tinha feito a versão vegetariana deste doce, porque a receita da minha mãe leva gelatina e a minha relação com o agár-agár, uma gelatina vegetal, não é ainda muito boa.
Aqui há uns tempos fomos jantar a casa de um casal amigo também vegetariano, onde comi a minha primeira francesinha (vegan e deliciosa!) e que nos prepararam de sobremesa este doce! Nem é preciso dizer que me atirei de cabeça à taça e só não comi mais por vergonha! E claro, pedi logo a receita!
Desde esse dia o Filipe anda a chatear-me para eu replicar a receita cá em casa, por isso quando fiz o leite condesado de coco, aproveitei logo para preparar uma taça cheia deste doce de perdição!
Ingredientes
  • 1 pacote de natas vegetais para bater (usei as da Alpro)
  • 2 iogurtes de soja naturais
  • 6-8 colheres de sopa de leite condensado vegetal (usei o de coco)
  • 1 pacote de bolachas (usei bolacha maria integral mas fica muito bom com bolachas digestivas)
Como preparar
  • Bater as natas, com a batedeira, até aumentarem de volume e ficaram com aspecto fofo.
  • Juntar os iogurtes e o leite condensado, mais ou menos quantidade consoante o grau de doçura que quiserem. Bater novamente, em velocidade baixa, só para misturar tudo.
  • Partir as bolachas em pedaços pequenos e envolver na mistura das natas.* Eu costumo pôr mais ou menos 1 pacote mas podem colocar a gosto, um pouco mais ou um pouco menos.
  • Tranferir para uma taça e polvilhar com bolacha ralada por cima (esmago a bolacha num saco de plástico com a ajuda do rolo da massa).
  • Levar ao frigorífico cerca de 2h para solidificar e refrescar.
*Eu coloquei a bolacha simples, mas a bolacha pode ser ligeiramente molhada em café antes de se envolver nas natas e fica muito bom! 
O facto de ter utilizado leite condensado de côco não alterou em anda o sabor final do doce, mantendo o gosto a natas e a bolacha!
É bom! É mesmo muuito bom!
Nem 24h durou e desta vez a culpada não fui eu, que só comi umas míseras colheradas!
Mas, J. e T., acho que o vosso estava melhor. Deve ter sido das bolachas. Pelo sim, pelo não, quando for o almoço cá em casa, tragam uma tigela bem grande de doce para tirarmos as dúvidas!! :P


*Bom Apetite*
Previous Post Next Post

You Might Also Like

13 Comments

  • Reply Diana Gomes Julho 24, 2013 at 7:43 pm

    E depois dizes que andas gorda… Pudera XD

    • Reply NotGuiltyPleasure Julho 24, 2013 at 7:50 pm

      Opa vens praqui largar veneno, tas é roida de vontade de provar :P vá não chores mais que para a nossa próxima patuscada eu faço este doce ;)

      Muaaaah*

  • Reply Ana Julho 25, 2013 at 8:24 am

    A minha tia costuma sempre fazer este doce e eu adorava! Mas depois de ser vegan deixei de o comer com muita pena minha… Já há tanto tempo que andava para experimentar uma versão vegan da coisa… Agora não há desculpas! Tenho que fazer :)
    Obrigada e beijinho*

    • Reply NotGuiltyPleasure Julho 26, 2013 at 2:01 pm

      É tão bom, não fica nada atrás do doce “normal”, experimenta!! :) E se não tiveres leite condensado podes experimentar outro adoçante, talvez geleia de arroz ou de agave, penso que fica bom na mesma :)

      beijinhoos*

  • Reply Nem acredito que é saudável! Julho 25, 2013 at 3:52 pm

    Ai que aspecto delicioso! Tenho mm q fazer o leite condensado de coco para fazer este doce para o meu namorado. Ele vai adorar e eu tb… :-P
    Bjinhos
    Sara

    • Reply NotGuiltyPleasure Julho 26, 2013 at 2:03 pm

      Eh eh, que namorados gulosos que nós temos! :P

      Como disse aqui em cima à Ana, talvez dê para fazer sem o leite condensado, usando outro tipo de adoçante, hei-de experimentar para a próxima vez!!

      beijinho*

  • Reply Ginja Julho 27, 2013 at 12:13 pm

    Esta sobremesa está tentadora, já vi que perdi muita coisa boa nestes dias que fiquei sem o portatil e a net.
    Já comia uma tacinha :) bem cheia, hehe.
    Um beijinho.

    • Reply NotGuiltyPleasure Julho 28, 2013 at 11:44 am

      Ainda bem que voltaste :)

      É mesmo uma perdição este doce, quase impossível parar de comer eheh

      beijinho*

  • Reply Aislin Julho 30, 2013 at 9:07 pm

    ai.. lá estás tu!!!! Guilty Maria! Estas coisas não se fazem a uma lontra em dieta!! =)
    Olha, experimentei a quinta feira passada o churro de morango. Não gostei muito… lá pó final abri o dito e lambi o morango!! lol na tarde do dia a seguir fiquei agarrada à casa de banho ahahahah!! =) só eu!

    Será que com aquelas natas de coco isto funciona? batendo com a máquina como se fossem natas normais?? hm…

    beijinhos

    • Reply NotGuiltyPleasure Julho 31, 2013 at 7:24 pm

      LOOL pois, os churros podem ter esse efeito secundário! :P Eu comi tantos nestas festas que agora enjoei!!

      Ainda não experimentei as natas de côco mas é capaz de solidificar sim, vai é ficar um doce de côco. Eu prefiro as natas normais mesmo ;)

      beijoo*

  • Reply Marisa Valadas Agosto 1, 2013 at 3:51 pm

    Uma sobremesa como eu gosto: simples e rápida

  • Reply Carlos Graça Outubro 10, 2013 at 6:57 pm

    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Leave a Reply