Receitas

Bolachas de Aveia e Passas

Já andava com a ideia de experimentar umas bolachas destas há muito tempo, fazem-me lembrar umas que adorava comer, as Corintos.

Estas bolachas têm a receita mais simples e rápida que há, fui juntando ingredientes que gosto, como a aveia, a manteiga de amêndoa, as passas, claro, um adoçante e forno com elas. Simples, rápidas e tão boas! Estas bolachas não são extremamente doces, mas passas deliciosas lá pelo meio ajudam a torná-las mais gulosas.

bolachasaveia1

bolachasaveia2_web

Ingredientes (para 12 bolachas)

  • 4 colheres de sopa cheias de manteiga de amêndoa
  • 1/4 de chávena (60 mL) de geleia de arroz
  • 2 colheres de sopa (30 mL) de leite vegetal
  • 1 chávena de aveia em flocos
  • 1/4 chávena de farinha de aveia (ou outra, como trigo sarraceno, espelta, ou trigo integral)
  • 2 colheres de sopa de passas pequenas

Como preparar:

Numa tigela grande junte a manteiga de amêndoa, a geleia de arroz e o leite vegetal e mexa até se formar uma mistura homogénea.

Noutra tigela misture a aveia com a farinha de aveia (basta triturar flocos de aveia no processador ou mesmo na liquidificadora até ficar com aspecto de farinha) e as passas.

Adicione a mistura de aveia à mistura de manteiga de amêndoa e envolva bem. A massa deve ter consistência suficiente para formar bolinhas que aguentem. Se estiver muito liquido acrescente um pouco mais de farinha de aveia, se estiver demasiado sólido um pouco mais de leite vegetal.

Coloque um pouco de farinha nas mãos para a massa não pegar e forme pequenas bolinhas, dispondo-as num tabuleiro de ir ao forno forrado com tapete de silicone ou folha vegetal.

Com as costas de uma colher, também polvilhada com farinha, espalme as bolas para formar pequenas bolachas. Quanto mais finas, mais estaladiças ficarão. Leve ao forno a 170ºC durante 10-15 min e após esse tempo retire do tabuleiro e deixe arrefecer.

bnolachasaveia3_web

 

Previous Post Next Post

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply Green Food Agosto 12, 2015 at 5:14 pm

    Parecem ótimas, mas quando fizer tenho que as devorar todas sozinha pois o homem da casa não gosta de passas, que chatisse :P

    Calor cá em casa é coisa rara, a não ser que use o forno durante uma hora, mas em compensação de inverno vivemos num iglo, nem sei o que será melhor X)

    Bejinhos

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Agosto 12, 2015 at 9:05 pm

      Nem sei como vais conseguir comer bolachas sozinha, que tristeza :P Sim, a tua casa é bem fresquinha, mas sabes, a minha no Inverno também é fria :( ando sempre embrulhada nas mantas e com o aquecedor ligado. Isolamentos antigos do prédio dá nisto! Mas liga-se o forno e problema resolvido eheh :)

      beijinhooo

  • Reply Su Agosto 13, 2015 at 7:56 am

    Eu que ultimamente parece que não faço mais nada a não ser bolachas (com 3 pequenos tem de ser mesmo) acho que esta é mais uma ótima receita para experimentar ;)
    E aproveita a ventoinha :*

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Agosto 27, 2015 at 3:55 pm

      Obrigada Su, passar os dias a fazer bolachinhas parece-me fantástico, se bem que os teus pequeninos estão em melhor posição, que é comê-las ihih :P
      A ventoninha continua a ser a melhor amiga cá de casa :)

      Beijinho*

  • Reply Ginja Agosto 17, 2015 at 11:40 am

    Esta receita deve ser tão boa Patrícia!!
    Adoro cookies de aveia com passas ou arandos. Eu não era muiot fã das Corintos, talvez porque antes não era fã de passas, mas ainda bem que os gostos de modificam.
    Por aqui com o cinza que está, a chuva que veio e os dias meios monos, é o que apetece fazer, ligar o forno e por a mão na massa!
    Um beijinho.

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Agosto 27, 2015 at 3:59 pm

      Eu adoro passas, parece que cada vez gosto mais! :) com arandos também são deliciosas, já experimentei! Espero qur os dias tenham melhorado :) hoje chove por aqui, mas a ventoinha continua ligada! :S

      Obrigada ginginha, beijooo*

    Leave a Reply

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.