Veganismo

Vegan Fair 2014

No passado dia 26 de Outubro, em Lisboa, realizou-se a Vegan Fair, um evento onde várias marcas vegans juntaram-se num só espaço para se darem a conhecer, assim como aos seus produtos, tendo ocorrido também vários workshops de culinária ao longo da tarde.

Sigo muitos blogs vegan internacionais e de vez em quando lá vejo surgirem referências às feiras e eventos dedicados ao veganismo em vários pontos do mundo, desde o Reino Unido a Alemanha, França ou EUA. Aqui em Portugal ainda não temos tradição nessa área, o vegetarianismo/veganismo só agora começa a ter mais visibilidade e ainda não temos eventos de grandes dimensões como nestes países que falei (principalmente os EUA, que até um festival de cerveja vegan fazem!), mas aos poucos começamos a dar os primeiros passos nessa direcção e por isso fiquei muito contente e curiosa quando soube desta feira. O ano passado fui ao Veganário Fest e foi uma óptima maneira de ver ao vivo produtos e marcas que normalmente só vemos através do ecran do computador, conhecer pessoas e aprender mais sobre o veganismo, este ano não esperava diferente da Vegan Fair e o “cartaz” era extremamente aliciante!

Não me desiludiu! O espaço era pequenino, sim, mas bonito e acolhedor e foi muito bom conhecer as marcas e as pessoas por trás dos produtos. Assim que chegámos à entrada do Stadium Café, onde decorreu o evento, fomos recebidos pela banquinha da “Casa do Bosque” e pelas suas bolachas vegan artesanais, que simpaticamente nos foram oferecidas algumas para experimentarmos. Não conhecia esta marca e adorei! As bolachas são pequeninas, perfeitinhas e depois de as provar digo-vos que apetecia-me trazer tudo para casa! Acabámos por comprar as de chocolate e as de coco, tão boas e viciantes que foram poucas as que vieram connosco para casa!

Uma marca que tinha muita curiosidade em ver os produtos ao vivo era a Pronatural e a Vegan Fair foi a oportunidade perfeita. Na sua banquinha tinham amostras dos produtos, que experimentei. As barritas raw são uma delicia, adorei as amoras brancas e o chocolate preto com sabor a menta, que acabei por trazer para casa, é uma perdição para quem, como eu, adora “After-Eight”.

Processed with VSCOcam with a6 preset

www.instagram.com/notguiltypleasure

Às vezes perguntam-me se eu tenho saudades de comer coisas, como um bife ou um bacalhau com natas. Não, não tenho saudades disso. Mas sabem do que tenho saudades? De After-Eight!! E este chocolate matou-me as saudades todinhas! Se alguém quiser subornar-me para alguma coisa aviso já que aceito pagamento com este chocolate, quantidades a negociar!
 

Da Pronatural trouxe ainda um pacote de proteína de cânhamo em pó, que temos usados nos batidos pós exercicío físico e um de açúcar de coco, embora o que queria ter comprado mesmo eram as amoras brancas desidratadas. Distracção minha, mas que até correu bem pois já andava para experimentar açúcar de coco há uma eternidade e assim foi a “desculpa” perfeita. E sim, é muito bom e adoça lindamente! Mas falarei dele noutra altura.

Outra loja que marcou presença foi a Sapato Verde, da qual já falei no blog. Aqui há uns tempos fui visitar a sua loja física em Cascais e gostei imenso, é bonita, acolhedora e fomos recebidos com a maior simpatia. Nesse dia trouxe de lá estas botas, que já andava a namorar desde o ano passado e adoro-as, têm sido as minhas grandes companheiras nestes dias mais frios! :) Na Vegan Fair foi possível ver não só o calçado existente na loja, como também produtos cosméticos da ECO Cosmetics, uma marca alemã produzida no nosso país, que também se encontram disponíveis na Sapato Verde. Comprei o champô reparador e estou a gostar bastante dele.

Presentes também no evento estavam a Lojinha Vegetariana (de onde trouxe um detergente de loiça Faith in Nature), a Foot Zero (muito giros os seus sapatos com material reciclado), a Mint (malas muito bonitas e práticas), a Fair-Fair, The Love Food, Sweet Empathy, Vegan Chef Portugal, entre outras.

1512671_371096443056201_7021241972848817331_n

Os workshops decorreram durante a tarde e eu tinha vontade de assistir a todos! Infelizmente não consegui fazê-lo por…razões climatéricas. Sei que com estes dias de frio já nem nos lembramos do Sol, mas acreditem, nesse dia estava um calor daqueles!! Juntando isso a uma sala cheia e um ar condicionado avariado, o ambiente era de destilar e antes que me desse o fanico decidi fazer umas pausas a meio dos workshops.

No entanto ainda assisti a algumas coisas, como o workshop de comida crua da Raw Vegan Experience, com uma tarte de maçã crudívora com ar delicioso e o workshop da Gabriela Oliveira com óptimas dicas para uma alimentação vegetariana saudável e natural, onde ainda consegui provar uma saladinha de couscous e bolinhas de grão e batata doce com molho balsâmico (feitas a partir da receita de hambúrgueres do seu últmo livro). Do workshop leites e manteigas vegetais, dado pelo Um Curso em S@bores, já só fui a tempo de provar uma manteiga de caju com açafrão e levedura de cerveja que era uma perdição.

10345807_371096393056206_1857519350945586726_n

O último a que assisti foi o workshop dado pela Maria, do blog The Love Food e esse eu não ia perder por nada, por isso lá furei a multidão e coloquei-me estratégicamente ao lado da ventoinha e mesmo na fila da frente. Já aqui falei muitas vezes de como o The Love Food é uma inspiração para mim e como foi uma ajuda preciosa quando me aventurei no vegetarianismo, por isso conhecer a Maria e assistir a um workshop dela era algo que deseja muito e que, como esperado, adorei tudo!! :) A Maria é super simpática, é divertida e faz uma comida dos céus. O tofu à brás e os tacos de lentilhas com molho de tofu que fez no workshop são de babar e a forma apaixonada com que fala da comida vegetariana inspira qualquer um. Se tiverem oportunidade inscrevam-se num workshop dela, vale mesmo a pena!

Foi uma tarde muito boa, não só pela aprendizagem e pelas marcas que deu para conhecer fisicamente, mas também pela óptima companhia e convívio! Encontrei-me com duas meninas de quem gosto muito, a Aislin e a Filipa e tive finalmente oportunidade para conhecer pessoalmente a Rita Vlinder, criadora da Sweet Empathy (que esgotou o stock num instante, já não consegui provar nada, bolas…) e que é mesmo um doce! Querida, simpática e sorridente, foi um prazer estar com ela e haveremos de criar mais oportunidades de encontro com toda a certeza! :) Beijinho grande para todas*

São iniciativas boas destas que precisamos de continuar a ter para divulgar o veganismo e as excelentes pessoas que trabalham em prol de um mundo mais ético, saudável e justo. Keep going!! :)

Para verem um pouco mais o que se passou na Vegan Fair espreitem este albúm de fotos.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply Aislin Novembro 30, 2014 at 7:40 pm

    Foi sem dúvida um doming espectacular!! :D
    Tive sorte e apanhei um lugar mesmo perto da ventoinha que me permitiu assistir a todos os workshops! :D
    Foi pena não ter tido mais tempo para falarmos!
    E ainda bem que gostaste dos biscoitos! Agora podes fazer na sua versão saudável.. forno! :D

    Beijinhos e até breve! (tipo.. amanhã! :P)

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Dezembro 4, 2014 at 1:58 am

      Ficaste mesmo no spot certo eheh :P Sim tenho de fazer os teus biscoitos, eram taaaaaaaao bons! :)

      bejinho*

  • Reply Maria Abril 9, 2015 at 12:56 pm

    Ohhhh… Estou babada até aos pés. Obrigada <3

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Abril 10, 2015 at 10:05 am

      :) Obrigada eu, por toda a inspiração e ajuda!

      beijo <3

    Leave a Reply