Receitas

Tarte de Tomate Cereja

A minha estação favorita já está a despedir-se. Chegaram as nuvens, os dias nublados e a chuva. As mangas compridas já começam a sair das gavetas e o Sol esconde-se cada vez mais cedo. Não gosto nada de ver os dias a ficarem escuros tantas horas, acho que se morasse num daqueles países de latitude elevada em que as noites duram meses, nessa altura tinha de fugir para junto do Sol.

 Mas ainda é Verão! Vamos aproveitar isso da melhor maneira! Como? Com as boas coisas que a terra dá nesta estação que ainda vão chegando cá a casa!

Como estes tomates cereja, vindos directamente da hortinha, que têm sido o meu ingredientes favorito nos últimos tempos. Tenho-me deliciado com eles em saladas, salteados na frigideira com alho e adicionadas a uma massa e assados no forno. São tão docinhos, parecem pequenos rebuçados cheios de nutrientes! garuetomate

Foi o que fiz nesta tarte, usando a minha combinação favorita: tomate, alho e orégãos. Só isto, simples e fácil, nada mais é necessário para uma refeição deliciosa. Não há dúvida que o tomate que encontramos no resto do ano não se compara em nada a este tomate suculento e por isso temos de aproveitar todo o seu sabor.

Ingredientes

  • 1 base para tarte à escolha*
  • 500g tomate cereja pequenino
  • 1 cabeça de alho
  • Sal, azeite e orégãos q.b.

 * Usei a receita do livro Cozinha Vegetariana para quem quer poupar. Para quem não tem o livro sugiro esta, esta ou esta (basta trocar a manteiga por margarina 100% vegetal)

Como preparar
  • Lavar bem o tomate, retirar os caules e colocar num tabuleiro com um fio de azeite, sal e orégãos a gosto.
  • Envolver tudo muito bem e colocar no forno a 180ºC durante cerca de 30 min e ir mexendo algumas vezes para que o tomate não pegue e asse de todos os lados.
  • Ao mesmo tempo colocar no forno a cabeça de alho inteira e com a pele.
  • Quando os tomates estiverem assados retirar do forno e reservar, deixando ainda lá o alho.
  • Preparar a massa, colocar numa forma de tarte e levar ao forno durante uns 10-15min, até estar dourada e cozida (furar com cuidado, com um garfo, mas sem passar para o outro lado da massa, para que a base não empole), retirando-a juntamente com o alho.
  • Colocar o tomate sobre a massa, deixando o molho no tabuleiro, até cobri-la por completo.
  • Retirar a pele ao alho assado e esmagá-lo no tabuleiro com os sucos do tomate, mexendo tudo.
  • Espalhar esse molho sobre a tarte e levar ao forno mais uns 5 minutos, a 200ºC, só para caramelizar e tostar mais um pouco
Previous Post Next Post

You Might Also Like

14 Comments

  • Reply conteudovazio Setembro 10, 2014 at 8:37 am

    Opah! Tanto tomate cereja que a minha “hortinha” deu este ano!!! mas tanta!!
    E agora nem um! Para experimentar essa delicia! :P
    Eu já pedi o livro como presente de natal.. quem sabe!! :D

    Ai… férias… estou a precisar! :P

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 13, 2014 at 9:14 pm

      Estás a precisar de férias? grande lata!! :P
      Estes vieram da horta da escola onde a minha mãe trabalha e também têm aparecido aos magotes, acho que já comi mais tomate cereja este Verão do que eu toda a minha vida eheh

      beijinho*

  • Reply Annabelle Setembro 10, 2014 at 10:02 am

    Ohh, não digas mal das outras estações, também faz parte. De certeza que encontras em todas elas algo que gostes, Há sempre um certo encanto. No outono, as cores acobreadas das folhas, no inverno, o natal, as lareiras que se acendem, as mantas quentes, o chá quente, o aconchego, as velas… então, consegui convencer-te ?? ;)
    Mas eu percebo-te, o sol é vida, a vida em dias de verão é mais alegre e feliz, tenho de concordar.
    Esta tarte de tomate cereja é a minha cara, que delícia e tão bonita.

    http://coeurdartichautbyannabelle.blogspot.pt

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 13, 2014 at 9:21 pm

      Eu gosto do frio e da chuva…quando estou no quentinho em casa enrolada na manta. :P E gosto do Natal, mas prefiro muito mais os dias longos na praia, sair do trabalho e ainda ver o Sol. Os dias escuros de Inverno deixam-me com menos energia!

      Obrigada Annabelle um beijinho*

  • Reply São Ribeiro Setembro 10, 2014 at 12:45 pm

    Adoro tomate cereja e achei a tua tarte tão linda
    E imagino que uma delicia
    bjs

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 13, 2014 at 9:22 pm

      Obrigada São :) Estava uma delícia mesmo!! ;)

      beijinho*

  • Reply Cozinhar sem Lactose Setembro 10, 2014 at 5:48 pm

    Que coisa maravilhosa!!!!!! E que gato tão bonito! ;-)

  • Reply Avelã Setembro 11, 2014 at 12:40 pm

    Este ano não tenho… Mas há um ano tinha muitos! E são muito bons (e mesmo giros!)…
    Essa tarte parece deliciosa – nunca fiz nada com estes tomates a não ser saladas :P

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 13, 2014 at 9:26 pm

      Eu adoro estes tomates assados, ficam mesmo maravilhosos, tens de experimentar quando voltares a ter ;)

      E sim, são tão giros! Os meus gatos adoram brincar com eles ihih :P

      beijinho

  • Reply Ana Filipa Costa Setembro 12, 2014 at 9:47 am

    Também não gosto nada da despedida do Verão… Passo o ano inteiro a suspirar por ele, depois quando chega, vai-se num instante…:(
    Adorei esta sugestão, deve ser deliciosa!

    http://petiscana.blogspot.pt/

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 13, 2014 at 9:27 pm

      É verdade Ana, vai e vem tão rápido, assim que lhe tomamos o gosto já está a despedir-se! Temos de aproveitar mesmo até ao fim ;)

      Obrigada e beijinho*

  • Reply ema Setembro 12, 2014 at 11:13 am

    São tão bons! A tarte tem óptimo aspecto. Eu às vezes faço uma versão sem a base, assando os tomates com azeite, alho, orégãos e sal. Ou sem os orégãos e depois de retirar do forno junto manjericão.

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 13, 2014 at 9:28 pm

      Obrigada Ema :) Esta foi a primeira vez que fiz em tarte porque faço sempre como dizes e quando tenho manjericão também junto depois. Com pãozinho fica delicioso! :)

      beijinho*

    Leave a Reply