Browsing Tag

Caril

Receita

Hambúrgueres de Lentilhas e Batata Doce

Acho que já nem vale a pena voltar à conversa do costume, do quão depressa o tempo passa antes que me aperceba que já não ponho nada aqui no blog há um mês! Desorganizada me confesso, e por isso, sem mais desculpas nem blá-blá-blás, vamos mas é à receita que já se faz tarde e esta é daquelas mesmo mesmo boas!! :) Inspirada no delicioso hambúrgueres de lentilhas da Hamburgueres Vegetarianos, que comi no Nomalism Bistrô, um dos meus restaurantes preferidos de Lisboa, esta receita é tão simples que se torna perfeita para os preguiçosos incorrigíveis como eu! Poucos ingredientes, simples de fazer e a rebentar de sabor, é fácil perceber que se tornou uma das minhas favoritas. Sirvam estes hambúrgueres no pão, com cebola caramelizada, um molho à vossa escolha, como uma “maionese” caseira ou um molho de “iogurte”, e uma salada bem fresquinha a acompanhar e preparem-se para uma das refeições mais saborosas dos últimos tempos! ;) Ingredientes (para cerca de 7 hambúrgueres) 1 chávena de lentilhas vermelhas cruas 2 batatas doces médias, descascadas 1 colher de sobremesa de caril em pó Coentros frescos picados, a gosto Sal q.b. Sementes de sésamo q.b. (opcional)   Como preparar Lave […]

Ver mais

Receita

Caril de Lentilhas e Espinafres (+ receita de mistura de caril caseira)

Há algum tempo atrás uma grande amiga minha viajou até à Índia e trouxe-me de presente uma caixinha cheia de especiarias.  Curcuma, cominhos, sementes de mostarda, malagueta, mistura de especiarias para chai, chá preto… uma mistura de cores, cheiros e sabores que me deixaram maravilhada, não poderia ter recebido melhor presente!! Depois de as ter na mão há aquele dilema grande, que é a vontade de usar e experimentar tudo o mais depressa possível contra a vontade de guardar apenas para certas ocasiões, guardar para saber que ainda temos ali na despensa um bocadinho do verdadeiro sabor da Índia. Sim, posso ir ali ao centro comercial do Martim Moniz e comprar as mesmas especiarias mas, sejamos sinceros, o sentimento não é o mesmo. Mas as coisas boas são para desfrutarmos delas certo? A curcuma e os cominhos mais saborosos que já provei foram os primeiros a desaparecer, a seguir a malagueta e as sementes de mostarda e com estes pózinhos preciosos fiz dos melhores pratos de caril que já passaram pelos meus tachos! (Mas confesso… ainda tenho a mistura chai ali bem guardada… só porque sim! ;) ) Esta receita é mesmo uma das favoritas cá de casa e já fiz […]

Ver mais

Receita

Salada Quente de Batata Doce e Grão com Vinagrete de Caril

Há umas semanas atrás fui com umas amigas jantar ao novo espaço do Mercado da Ribeira, em Lisboa. Ambiente e espaço giro, tudo muito bonitinho com música ambiente (um bocadinho alta demais para mim que gosto de conversar sem ter de estar aos berros….), lugar para sentar, bora lá escolher o que comer. Percorri uma banquinha, outra, e outra e nada. Pois é, nesta nova grande sensação gastronómica da cidade a oferta de comida vegetariana é escassa e quando existe, vem acompanhada dos queijos e natas do costume. Nada que eu já não esteja habituada, ossos do ofício de ter uma alimentação totalmente vegetal num país que não está pr’aí virado, por isso continuei à procura de qualquer coisa que pudesse adaptar e foi quando já estava resignada a comer uma sopinha que parei a olhar para a ementa da “Cozinha da Felicidade” e txarãaaaaa! Uma salada quente, vegan (pelo menos segundo indicação do menu, em que eu acreditei), de batata doce e pimento assados com  grão com puré de cenoura. 1º grito interior de alegria: yeeeah, uma refeição quentinha sem queijo, ovos e semelhantes! :) 2º grito interior de alegria: yeeaaah, uma refeição vegetariana que não é uma salada de alface com […]

Ver mais

Receita

Caril de Abóbora-Manteiga e Lentilhas

Sempre gostei de sabores agridoces na comida, não sinto que seja estranho usar frutas nos pratos principais e sabe-me bem o contraste do doce com o salgado. Já o rapaz cá de casa não era da mesma opinião. Quando calhava falarmos de alguma mistura doce-salgada, por exemplo um simples ananás numa pizza, ele dizia que não gostava e que isso era o mesmo que comer “sardinhas com gelatina” (o que não é uma expressão muito vegan, eu sei, mas percebem onde quero chegar certo?). Como quem manda na cozinha sou eu, decidi acabar com essa mania das esquisitices e a pouco e pouco fui acrescentando uma nota mais doce aqui e uma fruta ali para ver a reacção. E como quem não cozinha não tem direito a refilar, não me assustei com caretas e com coisinhas à borda do prato e continuei a insistir (e a mandar uns olhares fulminantes de “cala-te e come”) :P. Já dizia Fernando Pessoa “primeiro estranha-se, depois entranha-se” e assim foi. Actualmente os sabores agridoces já não são recebidos com ar de dúvida e uma das maiores provas é o facto deste molho de tomate e coco da Márcia ser um dos preferidos cá de casa […]

Ver mais

Powered by themekiller.com