Receitas

Salada Morna de Legumes de Primavera com Vinagrete de Alho Assado

Há dias em que me apetecia esquecer que a casa está por arrumar e ficar trancada da cozinha o dia todo, a experimentar novas receitas, a testar ideias, a pôr e a tirar coisas do forno. Um Domingo chuvoso de Primavera, pouca vontade de ir passar a ferro e uns espargos que tinha no frigorífico, foram o mote para me enfiar na cozinha e fazer para o almoço uma receita me tinha ficado debaixo de olho. Foram duas horas entre tachos, grelhadores e forno. Duas horas em que a casa estava silenciosa e não havia mais nada que me importasse para lá da porta da cozinha. Cozinhei com calma, com atenção, deixei os sabores apurarem, fui juntando mais isto e aquilo até achar que tinha tudo o que era preciso. E no fim disto tudo, uma salada diferente a rebentar de sabor, sem dúvida umas das mais deliciosas que fiz nos últimos tempos. Almocei quase a horas de lanche, mas feliz! Enfrentar as tarefas mais chatas do nosso dia-à-dia é tão mais fácil depois de passarmos algum tempo a fazer algo que gostamos, seja ler um livro, fazer uma caminhada ou cozinhar. Tirar tempo para fazer o que nos deixa felizes, mesmo que tudo o resto esteja virado do avesso, é algo que nunca devemos esquecer!

Nesta salada usei dois ingredientes de Primavera que adoro, as ervilhas-tortas e os espargos. Só isto no prato e eu já ficaria feliz, mas juntei-lhe umas beterrabas lindas, cogumelos (a minha perdição, mas que se não gostarem podem dispensar pois o prato ficará igualmente bom sem eles) e cevada, que comprei há algum tempo mas que ainda não tinha feito. Fiquei completamente fã deste cereal, tem uma textura interessante, nem rija nem mole, um sabor muito agradável a fazer lembrar frutos secos, que ficou perfeito nesta salada. Para aromatizar tudo, uma das melhores combinações de sempre: alho, tomilho e limão.

A receita parece mais complicada e demorada do que realmente é mas várias coisas podem ser feitas ao mesmo tempo, poupando assim tempo, por isso não tenham medo, experimentem e deliciem-se! :)

panzanella2

(Adaptado do blog Sobremesa)

Ingredientes (para 2 pessoas)

  • 2 beterrabas médias, em rodelas
  • 1 molho de espargos
  • 2 mãos cheias de ervilhas tortas
  • 4 cogumelos grandes, aos pedaços
  • 4 fatias de pão duro, pequenas, em cubos
  • 1/2 chávena de cevada crua
  • 1 ramo de tomilho fresco
  • 4 dentes de alho bem grandes (ou 1 cabeça de alho pequena), para assar
  • 1 dente de alho grande ralado
  • 1/2 limão, médio
  • 1/4 colher de sobremesa de mostarda dijon
  • sal q.b.
  • azeite q.b.

 

Como preparar

Num tabuleiro de forno anti-aderente ou forrado com um tapete de silicone colocar as rodelas de beterraba, uma pitada de sal, as folhas de metade do ramo de tomilho e um fio de azeite. Misturar tudo, separar as rodelas para que não fiquem sobrepostas e levar ao forno a 180ºC. Assar cerca de 30 minutos (ou menos, se a beterraba for cortada muito fininha), virando as rodelas de vez em quando para assar uniformemente. Quando estiverem assadas, reservar.

No mesmo tabuleiro colocar também os dentes de alho para assar, lavados e com a pele. Cerca de 30 minutos depois também já devem estar prontos (deverão ficar moles), retire-os e reserve.

Lavar bem os espargos, cortar a parte rija dos pés e colocar num grelhador. O tempo que demoram vai depender da sua grossura, espargos mais grossos, em lume médio-baixo, podem demorar cerca de 15-20minutos, espargos mais fininhos um pouco menos. Quando estiverem moles e com as hastes marcadas pelo grelhador, estão prontos. Reservar.

Numa tigela grande colocar os cubos de pão, o dente de alho ralado, uma pitada de sal, as folhas do restante tomilho e cerca de 1 colher de sobremesa de azeite. Envolver tudo até que os sabores estejam distribuídos pelo pão. Levar ao no forno, ainda a 180ºC, cerca de 10 minutos ou até ficar tostado. A meio do tempo mexa o pão para tostar de modo uniforme. Quando estiver pronto retire e reserve.

Ao menos tempo do pão, mas noutro recipiente pois vão perder água, colocar os cogumelos a assar, apenas com uma pitada de sal, cerca de 10 minutos. Reserve quando estiverem prontos.

Enquanto tudo o resto cozinha, prepare a cevada. Colocar ao lume 1 + 1/2 chávena (cerca de 375 mL) de água quente e quando começar a ferver juntar os grãos de cevada, baixar o lume, tapar e deixar cozer cerca de 30 minutos ou até a água evaporar por completo. Reserve tapado até ser altura de servir.

Lavar bem as ervilhas-tortas, retirar os pés e os fios laterais e cozer a vapor, ou em água, cerca de 2 minutos. Retirar e passar imediatamente por água fria para parar a cozedura, de modo a que ainda mantenham alguma textura. Se as vagens forem grandes, corte-as em metades.

Para o vinagrete: No grelhador colocar a metade do limão, em lume alto, cerca de 3-4 minutos, até ter as marcas. Numa tigela esmagar os dentes de alho assados e juntar o sumo do limão grelhado, azeite (cerca de 1 + 1/2 colher de sopa), a mostarda dijon e uma pitada de sal. Mexer bem com um garfo ou uma vara de arames pequena ou, como eu faço, misturar tudo directamente num frasco de vidro, fechar bem e agitar alguns segundos.

Juntar numa saladeira todos os ingredientes anteriormente preparados, envolver bem, ajustar o tempero (pode adicionar sumo de limão fresco, para um toque mais ácido se for necessário) e servir!

PANZANELLA3

panzanella4

Previous Post Next Post

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply Patricia Rodrigues Abril 3, 2017 at 4:49 pm

    Que delícia ;)
    beijinho
    http://adiaryb.blogspot.pt/

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Abril 4, 2017 at 8:34 am

      Obrigada Patricia :)

    Leave a Reply