Receitas

Refeições Rápidas #1 : Dicas e Sugestões

O mês passado a Aislin fez-me um desafio: criar no blog uma rubrica sobre refeições rápidas, com ingredientes que normalmente temos em casa, para aqueles dias em que chegamos tarde a casa, a fome já aperta e não queremos perder muito tempo na cozinha.
Achei que era uma óptima ideia e que poderia ser muito útil, não só para quem possa recorrer ao blog à procura de ideais, mas também para mim que passo por essa situação todos os dias!
Já toda a gente teve algum dia em que escasseia o tempo para preparar uma refeição decente ou dias em que os ataques de preguicite aguda que nos apanham e nos deixam sem vontade de ir para a cozinha.
Por exemplo, nos dias de trabalho já chego a casa a horas em que toda a gente já está a jantar, cansada e com fome, por isso o que mais quero é despachar-me na cozinha, comer algo reconfortante e pode relaxar. Uma receita bem rápida é o ideal para estes dias.
Mas se enquanto a maioria das pessoas consegue desenrascar-se destas situações, por exemplo indo a um take-away e levando uma refeição pronta a comer na hora, quando somos vegetarianos a coisa complica-se, pois infelizmente a opção vegetariana/vegan ainda é rara.
Posto isto passará então a existir aqui no blog um “espaço” com comida rápida, saborosa e vegan, claro, para estas horas mais complicadas!
Vou tentar mostrar receitas que se possam fazer em 15/20 minutos ou menos e espero todas as semanas ter uma sugestão para vos dar!
Vamos a isto? :)
il_fullxfull.194987290
Para me inspirar a escrever este post andei a rever com mais atenção alguns episódios do programa “Refeições em 15 Minutos” do Jamie Oliver (um dos meus chefs preferidos de sempre!) e, embora eu ache que os 15 minutos do relógio dele passem a uma velocidade bem mais lenta que no meu, tirei algumas ideias que penso que me vão ajudar!
 
Começo então por deixar aqui algumas dicas que me parecem importantes e que me dão jeito quando quero fazer algo rápido.
  • Preparar o máximo com antecedência

Tudo o que possa ser preparado de antemão é sempre uma boa ajuda. Estou a lembrar-me por exemplo de misturas de condimentos (como o do tofu mexido) ou molhos que aguentem bem no frigorífico (molho de tomate, molho pesto, p.ex.). São coisas que podem ficar prontas a usar e que evitam perdas de tempo desnecessárias.

  • Usar atalhos
(Bem ao estilo de Jamie Olivier) Se precisamos de cozer massa ou arroz, colocar na panela água já quente para ferver mais rapidamente; ter o robot de cozinha à mão para ralar, picar, cortar em rodelas, poupando assim mais tempo do que se fizermos tudo com a faca. Etc.
  • Usar alimentos crus e/ou de confecção rápida
O lema é sempre poupar tempo! Ao usar alimentos crus não só estamos a poupar alguns minutos como ainda temos todos os benefícios de ingerirmos nutrientes que às vezes se perdem ao cozinhá-los. Cenoura, beterraba, tomate, folhas de salada, fruta fresca, frutos secos e até mesmo bróculos (como neste pesto) são alguns dos alimentos crus que podemos inserir na refeição.
Não querendo usar alimentos crus há que escolher alimentos que seja rápidos de cozinhar. Massas, arroz simples (sem ser do integral), couscous, espinafres, cogumelos, tofu, seitan, são apenas alguns dos exemplos.
 
  • Congelar
O congelador, é, para mim, um grande aliado das refeições rápidas! Normalmente compro leguminosas secas que depois cozo em casa e guardo no congelador em várias porções para usar posteriormente. Assim tenho sempre à mão lentilhas, grão e vários tipo de feijão e quando preciso bastar descongelar. Fácil! (Mas não tenho qualquer problema com enlatados, tenho sempre um de reserva para quando os do congelador falham!)
Também faço o mesmo com algumas verduras. Por exemplo couve ou espinafres. Nunca utilizo uma couve ou um molho de espinafres inteiros, então o que faço é arranjá-los, lavar bem, colocar uns minutos na máquinha de cozer a vapor ou em água a ferver, fazer uma pré-cozedura, escorrer bem e congelar. Quando preciso é só retirar e saltear na frigideira com um bocadinho de azeite e alho, juntar a uma sopa ou a um estufado e rapidamente fica cozinhado.
O congelador também é muito útil para guardar refeições preparadas anteriormente, quando há dias em que não queremos cozinhar de todo: empadas, hambúrgueres, almôndegas são um exemplo. Aqui tenho em atenção usar sempre leguminosas cozinhadas de fresco, para não estar a congelar pela 2ª vez.

Isto é o que funciona comigo mas claro que depois cada um deve adaptar à sua maneira e à sua cozinha!

Hoje não vos deixo nenhuma receita nova mas relembro algumas que já foram publicadas aqui no blog e que podem ser boas opções para uma refeição rápida.

Tempo de preparação: 5-10 minutos
Ter pronto a usar: a mistura de especiarias
     Pode ser usado em tortilhas, em  sandes como esta ou no prato com legumes salteados e um acompanhamento de arroz por exemplo.

Tempo de preparação: 5-10 minutos
Óptimo para uma sandes, que se pode juntar a uma sopa para uma refeição mais completa.

 

Tempo de preparação: 20 minutos no máximo
Ter pronto a usar: feijão já cozido

Tempo de preparação: 5 minutos para o pesto, 10-15 minutos para a massa
Atalhos: Encher a panela já com água bem quente para mais rapidamente cozer a massa. O pesto pode ser preparado no dia anterior.

 

Tempo de preparação: 15 minutos no máximo.
Ter pronto a usar: feijão já cozido.
Atalhos: Os legumes podem ser picados e cortados no robot para poupar tempo.

 

Tempo de preparação: 15-20 minutos
Atalhos: Usar o robot para cortar os legumes. O tofu pode ser esfarelado para poupar tempo.

Tempo de preparação: 20 minutos
Atalhos: Encher a panela já com água bem quente para mais rapidamente cozer a massa. Comprar cogumelos já fatiados para saltar esse passo da receita ou usar o robot para cortar os inteiros.

    
 
 

Tempo de preparação: 15 minutos
Ter pronto a usar: grão cozido
Atalhos: Encher a panela já com água bem quente para mais rapidamente cozer a massa ou aproveitar restos de massa de outra refeição.

E vocês, que truques usam para fazer refeições rápidas e deliciosas?

Estou sempre à procura de novas ideias, novas combinações de sabor e trocar ideais e experiências é sempre bom para aumentar a nossa lista de opções, por isso se tiverem alguma dica ou alguma receita que queiram partilhar (100% vegetal, claro) façam-no, aqui no blog ou no mail!

Espero que vos tenha sido útil! :)

*Bom fim de semana*

Previous Post Next Post

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply Carla Agosto 10, 2013 at 9:40 am

    Obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada!!! =D

  • Reply Flores de Oliveira Agosto 10, 2013 at 7:41 pm

    Ótimas dicas ;)

  • Reply Aislin Setembro 2, 2013 at 9:39 pm

    Uma das cenas que fiz foi preparar um frasquinho com o condimento do tofu.
    Ora, mesmo pondo menos quantidade de piri piri, posso dizer que a minha lingua queimou!! toda eu transpirei a mesa com o meu tofu mexido!!
    Mas… valentona como sou pensei cá para mim… e se puser uma colherita na tortilha que costumo fazer?

    Tanta àgua que se bebe com este condimento Guilty Maria! O meu pai só pergunta: “Mas tu já gostas de picante???”
    Pior! é que estava a familia toda à mesa, e eu cheia de abanicos pá boca!
    Só tu mulhêri! para me pores nestes preparos! =)

    beijinhos

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 3, 2013 at 4:40 pm

      LOOL opa, o que eu já me ri com isso!

      Vamos lá a ver: usas mesmo os flocos? Não precisas de pôr uma colher cheia. E aquela quantidade que eu digo não é para pôr toda no tofu, basta uma colherzinha de chá!

      Eu não tolero muito o sabor picante, embora agora já esteja um bocadinho mais habituada, mas essa mistura até me sabe bem e não me faz querer engolir litros de água! :P
      Não ponhas a malagueta então, não quero que te dê uma coisinha má por minha causa eheh

      beijooo**

    Leave a Reply

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.