Receitas

Receitas Básicas #1 – Seitan Caseiro

O post de hoje é dedicado a um dos ingredientes base para quem é vegetariano: o seitan!Para mim, não há nada como seitan caseiro!
Eu até gostava dos de compra mas depois de fazer em casa, pela primeira vez, nunca mais cá em casa entrou uma embalagem de seitan. Nunca fiz as contas para saber se é mais caro ou mais barato mas nem ligo a isso… O sabor e textura de um seitan caseiro é tão superior ao de compra que a questão do preço é-me completamente indiferente! 
De qualquer maneira penso que fica mais barato porque 1 embalagem de farinha para seitan dá-me para várias refeições e é apenas um pouco mais caro que o seitan de compra (que só me durava para uma vez!). 
O seitan é, basicamente, o glúten presente no trigo, sendo por isso muito rico em proteína. Normalmente é conhecido como “carne vegetariana”, pois é muito utilizado como substituto da carne em diversos pratos (vejam, por exemplo, o seitan à alentejana que fiz).
Num mundo ideal eu teria sempre seitan no frigorífico ou no congelador, pronto a usar, mas a verdade é que  nem sempre isso acontece e lá sei vai o meu stock antes de fazer mais!
Há algum tempo que não fazia mas já tinha saudades, por isso no feriado pus as mãos na massa e aqui está ele! :)
Já experimentei várias receitas mas, até agora, a que mais gosto é a receita da chef Terry Hope Romero, que podem encontrar no livro Viva Vegan! Esta é a minha adaptação.
Ingredientes (para 4 rolos de seitan)
  • 1 + 3/4 de chávena (apróx. 110g) de farinha de glúten de trigo (compro no Celeiro)
  • 1/4 de chávena (apróx. 30g) de farinha de grão
  • 1/4 de chávena (apróx. 10g) de levedura de cerveja em flocos (se for em pó, usar um pouco menos)
  • 1 colher de chá de oregãos secos
  • 1 colher de sopa de alho em pó
  • 1 colher de chá de salsa seca
  • 1/2 colher de chá de piri-piri em flocos
  • 1 + 1/2 chávena de caldo de legumes frio*
  • 2 colheres de sopa de molho de soja**
  • 3 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 1 colher de sopa de azeite.
Chávena de 250m de capacidade
* Se não for caseiro aquecer a quantidade de água igual à pedida e desfazer 1/2 cubo de caldo de legumes knorr natura. Deixar arrefecer antes de usar.
** Pode ser dispensável por quem tem alergia, devendo-se juntar um pouco de sal à mistura das farinhas e acrescentar 2 colheres de sopa de caldo de legumes, ou trocar por molho inglês (com atenção aos ingredientes pois nem todas as marcas são vegan)
Como preparar
  • Juntar as farinhas, a levedura, os oregãos, a salsa, o alho e o piri-piri numa tigela e misturar.
  • Noutra tigela juntar o caldo de legumes, o molho de soja, a polpa de tomate e o azeite e mexer bem.
  • Adicionar os ingredientes húmidos aos secos e integrar tudo muito bem com uma colher de pau.
  • Com as mãos amassar o preparado durante cerca de 3 minutos, para que o glúten desenvolva e a massa se torne mais elástica. (Primeiro vai parecer muito mole mas depois de trabalhada a massa fica mais coesa)
  • Deixar a massa repousar 10 min.
  • Voltar a amassar durante 30seg.

seitan1

  • Dividir a massa de seitan em 4 porções iguais e moldar em forma de rolos

seitan2

  • Embrulhar o seitan em folha de papel de alumínio, se quiserem rolos perfeitos, ou cozer tal e qual como estão na foto acima, sem o papel de alumínio.

seitan3

  •  Cozinhar a vapor cerca de 50min. (Aos 30 min costumo virar os rolos de seitan para ficarem com uma textura exterior uniforme, se não ficam mais crocantes de um lado e mais moles de outro).
  • Retirar o seitan (cuidado com queimaduras, os rolos estão muito quentes!), desembrulhar e deixar arrerefecer.
seitan4

 

seitan5

Rolos de seitan preparados sem estarem embrulhados no alumínio.

  • Guardar os rolos no frigorífico durante 2h ou de um dia para o outro, antes de serem utilizados, pois assim ficam mais firmes e é mais fácil cortar. (Quando tenho mais urgência em usar o seitan ponho um bocadinho no congelador para acelerar o processo).
 
E agora é só usar o seitan em qualquer receita! Não deve ser comido assim em “cru”, deverá ser salteado, grelhado ou assado, por exemplo.
seitancaseiro
Este seitan fica macio, super saboroso e é muito versátil!
Parte dele já foi utilizado num dos nossos almoços desta semana: uns “bifes” de seitan grelhados (apenas temperados com sumo de limão, pimenta e um bocadinho de sal) com esparguete amanteigado. Porque às vezes apetece algo super simples, rápido e saboro!
Agora que já fiz uns quantos rolos para ficarem de reserva vão aparecer por aqui mais receitas com este ingrediente, que eu tanto gosto!
Quem tiver alguma dúvida em relação a este processo (ou a qualquer outra receita) esteja à vontade para a colocar, aqui no blog, ou na página de Facebook! ;)
Previous Post Next Post

You Might Also Like

45 Comments

  • Reply Flores de Oliveira Maio 4, 2013 at 3:28 pm

    Já fiz seitan, mas usei uma receita diferente. A tua parece-me mais simples. Vou experimentar e logo te digo como ficou :)
    E concordo contigo, o de compra fica a léguas deste!

    • Reply NotGuiltyPleasure Maio 4, 2013 at 3:57 pm

      Até agora esta é a receita que mais gosto, não só pelo sabor mas também pela textura! Até tenho outra para experimentar, para ver se é melhor, mas acabo por fazer sempre assim!

      Depois diz então como correu, quero saber! ;)

      **

  • Reply Ginja Maio 4, 2013 at 6:20 pm

    Que giro!
    Nunca pensei que fosse tão fácil fazer seitan. Eu nem gosto muito do de compra, mas este ficou com óptimo aspecto.
    É só arranjar uns ingredientes que nem sempre há em casa e tentar! Fiquei curiosa.
    Gostei do teu à alentejana :)
    Um beijinho.

    • Reply NotGuiltyPleasure Maio 5, 2013 at 8:24 am

      Este em nada se compara ao de compra, é muito saboroso :)

      E não é muito difícil não, a farinha de glúten assim que entra em contacto com o liquido forma logo uma bola, depois é só amassar!

      Se experimentares depois diz como correu ;)

      beijinho*

  • Reply Joana (Palavras que enchem a barriga) Maio 4, 2013 at 6:56 pm

    Tenho de experimentar fazer seitan em casa! Tofu já fiz, mas seitan nunca :)

    Beijinhos e tem um óptimo fim-de-semana! :D

    • Reply NotGuiltyPleasure Maio 5, 2013 at 8:26 am

      Tofu ainda só fiz uma vez para experimentar mas o seitan já é habitual cá em casa!

      Experimenta sim e depois mostra como ficou :)

      beijinho**

  • Reply Cozinhar sem Lactose Maio 4, 2013 at 7:22 pm

    Fantástico! Adorei a receita e não parece difícil, embora seja complexa. Vou ter que tentar! (será que vou convencer o homem cá de casa com o seitan? Hmmmmm….)

    • Reply NotGuiltyPleasure Maio 5, 2013 at 8:31 am

      É um bocadinho demorada mas vale muito a pena :)

      Convencer o homem é que já não sei :P
      Cá em casa, quando começámos a comer seitan não gostámos logo à primeira, tal como o tofu, mas agora adoramos! Também podes dar sem dizeres o que é, até fica bem disfarçado! :P

      beijinho*

  • Reply Aislin Maio 7, 2013 at 12:48 pm

    Bom… vou experimentar claro!!! =D
    Se bem que a parte do piri piri já me está a fazer espirrar só de ler eheheheh =)

    Olha, já agora uma questão que nada tem a haver com comida. Com o sol vem as preocupações com os cuidados da pele ne ce pas? Tenho vindo nas duas últimas semanas pesquisar sites e produtos “vegan” na esperança de encontrar o protector solar. Mas o que tenho encontrado só vendem em Espanha, Brasil e E.U.A.
    Li que a Nivea não testava em animais, mas recentemente entrou em acordo com uma empresa da China que… bom… já sabemos como são os chineses =(
    Nos sites portugueses de venda online não têm nada de protectores solares e a The Body Shop não tem/vai ter protectores (o que é pena porque adoro os produtos deles…)
    Que recomendas?

    Desculpa estar a chatear!
    Beijinhos

  • Reply NotGuiltyPleasure Maio 7, 2013 at 8:46 pm

    Em 1º lugar: não chateias nada, pergunta à vontade! :P

    E 2º lugar: o piri-piri nem se nota, só dá gosto, eu não consigo comer comida muito picante por isso tive mão leve e fica muito bem :)

    E agora em relação aos protectores:
    Eu estou com o mesmo problema que tu, porque este ano não sei o que comprar!

    Nos anos anteriores eu já tinha protectores normais e como não gosto de deitar dinheiro fora acabei por usar esses! O ano passado comprámos no Celeiro um que não era testado em animais e que não me pareceu ter ingredientes estranhos, mas era uma protecção muito baixa e eu sou uma branquelas que gosta de se deitar ao Sol, pelo que usei um normal que ainda tinha.

    Mas este ano ainda não sei. A minha inclinação era para Caudalie, uma marca que há em farmácia e que tem produtos espectaculares (já experimentei quase tudo e adoro!), 100% vegetais e não testados em animais. Mas há esse problema da China, soube há pouco tempo que eles também estão a exportar para lá!

    Fui pesquisar umas coisas e encontrei este site: http://www.animalaidshop.org.uk/ É do Reino Unido e faz entregas na Europa, tem protectores solares, mas não conheço a marca.
    A Organii (http://www.organii.pt/loja/category.php?id_category=36) é uma marca portuguesa de produtos biológicos e também tem protectores, mandei um mail a perguntar se não são testados em animais, estou à espera de resposta.

    De qualquer maneira vou continuar a pesquisar e depois digo-te se descobrir mais alguma coisa! E se descobrires também alguma novidade, avisa! :)

    beijinhos*

    • Reply NotGuiltyPleasure Maio 7, 2013 at 8:55 pm

      Agora com mais atenção vi que a Organii tem ingredientes de origem animal por isso é já um não! :S

    • Reply Carla Maio 7, 2013 at 9:47 pm

      Muito obrigada pela ajuda!! É tão bom encontrar alguém que está numa “fase” parecida com a minha eheheheh!

      Pois… também tinha ouvido falar da caudelie, mas não tinha ouvido falar da parte em que também tinham contrato com os chineses.. bolas!
      Dizem que a corine de farme também é amiga dos animais… e eles têm alguns protectores.
      Eu descobri esta marca http://www.vitarmonylportugal.com/biopha-nature-1, mandei mensagem a perguntar pelos protectores mas não tem.
      E depois há esta http://kalma-organics.com/es/15-solares só que é espanhola. Li não sei onde a dizer que vendem no jumbo, mas é mentira que online não aparece nada eheheh!

      Eu estou como tu, ainda a acabar uma série de produtos que por aqui tenho (hoje abri um pacote de creme de mãos que fui a ler e tem cera de abelha :S ) Mas não vou estar a desperdiçar… As minhas próximas compras serão mais conscientes, mas entretanto há que dar vazão ao que para aqui tenho.
      O protetor solar de corpo o ano passado usei vichy, mas nem sequer tinha ponderado algo eco consciente e sem ser testado em animais. Mas também terminei nesse mesmo ano (que fui fazer 15 dias de praia com uma escola e havia sempre quem não tivesse protector) o único que sobejou foi o da avene para a cara, mas que este seria o 3º verão, tenho usado para correr, mas este ano é para mudar quando for fazer praia (dizem que os protectores só têm a durabilidade de 1 ano…) enfim.
      às tantas mando vir de espanha (ou peço que me tragam de lá)…
      Vou continuar a pesquisa e qualquer coisa eu digo! =)

      beijinhos

    • Reply Carla Maio 7, 2013 at 9:49 pm

      Pronto, respondi como Aislin, mas como os comentários tem verificador com palavras não reparei e pumba, o upload foi com o meu perfil real…
      beijinhos

    • Reply Carla Maio 8, 2013 at 11:08 am

      https://www.rita-c.com/produtos/solares276

      Sò tem factor 30 (o que para mim já está bom) mas infelizmente o da cara é apenas 15 =(
      Vende-se no brio.

    • Reply NotGuiltyPleasure Maio 8, 2013 at 3:40 pm

      Factor 30 já é óptimo :D boa descoberta! Olha se vires mais alguma coisa se calhar pro mail (ngp.veganblog@gmail.com), é mais fácil ;)

      mas o de corpo pode pôr-se na cara, a não ser que a pele do rosto tenha alguma patologia ou que se queira um cuidado adicional, por ex.anti-rugas!

    • Reply Aislin Maio 29, 2013 at 10:56 pm

      Seitan ao vapor… não sei se correu muito bem… Mais uma vez esqueci-me que chávena não é igual a caneca! Eu fiz tudo pelas medidas que deste e não pelas chávenas, mas quando chegou a parte do caldo lixei tudo!!!!! :S
      Amanhã conto-te como foi!

      Beijinhos

    • Reply Inês S. Novembro 12, 2013 at 1:04 pm

      Olá :)

      Eu sei que já vem tarde, que o Verão já acabou :(, mas resolvi dar a minha contribuição. Eu desde o ano passado que uso o protector solar da Jason, factor 45. A Jason não testa em animais e é vegan. Comprei-o no Celeiro e custou 9/10€. Entretanto descobri outras marcas no iHerb, como a Alba Botanica, Aubrey Organics ou a Kiss My Face (esta tem inclusivamente uma linha facial). Para o ano já vou experiementar uma destas. O da Jason é bom mas é muito oleoso, o que para a minha cara é terrível.

      Agora vou fazer, pela 1ª vez, este seitan :)

      Beijinhos*

    • Reply NotGuiltyPleasure Novembro 18, 2013 at 12:45 am

      Eu acabei por comprar o da Jason numa promoção do celeiro e fiquei muito satisfeita pois apesar das temperaturas altíssimas não apanhei um único escaldão! (também não me bronzeei muito mas enfim, é sinal que o protector funciona mesmo :P). A minha pele tem tendência a mista mas não achei que ficasse má, por isso acho que vai ser uma opção para o próximo ano. Mas vou pesquisar esses que falaste :)

      beijinhooo*

    • Reply silvia Ferreira Abril 14, 2017 at 8:04 am

      Bom dia! Se não me engano a Yves Rocher e Oriflame não testam nada em animais e tenho ideia que a Yves Rocher tb é tudo vegetal. Pois usei anos a fio e adoro os produtos da gama protectores solares . A Oriflame tb não faz testes em animais não sei é a composição mas sei que eram bons

  • Reply Beatriz Maio 27, 2013 at 12:27 pm

    Não sendo grande fã de seitan sinto que tenho de experimentar esta versão homemade, tem tão bom aspecto!

    • Reply NotGuiltyPleasure Maio 27, 2013 at 2:13 pm

      Obrigada Beatriz, eu gosto muito de seitan e este sabe muito bem, experimenta :)

      beijinho*

  • Reply Anonymous Dezembro 1, 2013 at 4:11 pm

    Vou aventurar-me na tua receita de Seitan ! Uma pergunta , o segundo ingrediente – Farinha de grão …que farinha é ?

    • Reply NotGuiltyPleasure Dezembro 3, 2013 at 12:13 am

      É farinha feita mesmo a partir do grão de bico, eu compro no celeiro. É muito boa para massas de crepes salgados, ou fritos orientais, por ex e é rica em proteinas.

      Experimenta sim, depois conta como correu ;)

  • Reply Prazeres Saudáveis Janeiro 17, 2014 at 5:01 pm

    Olá parabéns pelo teu blog:)
    Hoje provei Seitan feito num restaurante que entrega comida no trabalho e adorei!!! nunca fiz, vi este teu post e gostava da tua ajuda sei que já existe Seitan feito basta comprar o gosto é igual? vale a pena fazer caseiro?
    Seitan da para amassar e temperar ou não?

    desculpa estas perguntas:)

    se quiseres responder para omeu mail aqui fica:) prazeressaudaveis@gmail.com
    Já agora deixo o meu blog:)
    http://prazeressaudaveis.blogspot.pt

    • Reply NotGuiltyPleasure Janeiro 17, 2014 at 5:47 pm

      Olá Vanessa, obrigada por visitares o blog e não tens de pedir desculpa, podes perguntar à vontade!

      Então, na minha opinião vale muito a pena fazer seitan caseiro! Desde que faço nunca mais utilizei o de compra. Isso não quer dizer que os de compra sejam maus, mas eu prefiro mil vezes o sabor do caseiro.
      A grande vantagem de fazeres seitan em casa é que podes associar os sabores que quiseres à massa de seitan. Esta receita que tenho aqui usa determinadas especiarias mas podem ser trocadas por outras e podes também utilizar outras ervas aromáticas em vez dos orégãos, como por exemplo o tomilho ou o alecrim. É tudo uma questão de experimentar! ;)

      O seitan só amassas em cru, para ajudar desenvolver o glúten e, como já te disse, juntas tempero à massa e ao caldo. Depois de cozido ainda não se consome logo assim, deve ser salteado, assado ou grelhado e antes de fazeres isso podes voltar a temperar sim!

      Deixei a resposta aqui para o caso de alguém ter as mesmas dúvidas que tu, mas se quiseres perguntar ou falar sobre mais alguma coisa sente-te à vontade para me mandares um mail (ngp.veganblog@gmail.com)

      um beijinho e vou agora espreitar o teu blog ;)

  • Reply Anonymous Março 20, 2014 at 7:27 pm

    A pergunta pode ser esquisita mas… cozinhar a vapor o seitan é igual a cozê-lo em água?

    • Reply NotGuiltyPleasure Março 20, 2014 at 9:36 pm

      Não é bem a mesma coisa pois cozer em água liberta para a mesma alguns nutrientes enquanto a vapor tudo fica mais concentrado no alimento. Isto relativamente aos vegetais, quanto ao seitan não sei se o mesmo acontece. Nunca experimentei esta receita em água, mas tenho feedback de uma pessoa que já fez e parece que ficou bom! Para seitan cozido em água sugiro usar um caldo aromatizado, como por exemplo o caldo desta receita do blog The Love Food: http://thelovefood.blogspot.pt/2010/11/seitan-caseiro.html

      Eu prefiro fazer a vapor, não só porque dá-me a sensação que o sabor fica mais concentrado mas também porque não tenho de me preocupar em mexer a panela ou o seitan ficar pegado ou a queimar. Basta virá-lo passado meia hora, para cozer de modo uniforme, e posso deixá-lo à vontade enquanto faço outras coisas.

      Espero ter ajudado!

  • Reply Anonymous Março 21, 2014 at 12:35 pm

    Muito obrigada pela ajuda :)

    • Reply NotGuiltyPleasure Março 23, 2014 at 11:11 pm

      Não tem de quê, qualquer outra dúvida é só dizer que ajudo no que puder! ;)

  • Reply ana Junho 2, 2014 at 6:45 pm

    coze o seitan ao vapor onde?

  • Reply Carolina Junho 11, 2014 at 9:13 am

    Olá, vou experimentar fazer. É possível depois conservar no congelador?
    Como não sei bem o tamanho das chávenas que indica, posso usar os pesos referidos? Ou é melhor usar mesmo uma chávena de referência?

    • Reply NotGuiltyPleasure Junho 14, 2014 at 5:49 pm

      Olá Catarina, pode ser guardado no congelador sim, quando faço deixo sempre 1 ou 2 pedaços congelados para usar mais tarde e ficam iguais depois de descongelar.
      Quanto às quantidades 1 chávena = 250 mL mas podem ser usados os pesos pois correspondem às chávenas.

      Espero que gostes :)

    • Reply Carolina Junho 19, 2014 at 7:48 am

      Encontrei finalmente o glúten e vou experimentar na próxima semana! :)
      Obrigada

    • Reply NotGuiltyPleasure Junho 19, 2014 at 8:05 am

      Boa, depois conta como correu! :) E peço desculpa porque só agora vi que escrevi o nome errado no comentário anterior :|

    • Reply Carolina Junho 27, 2014 at 7:47 am

      Não faz mal, toda a gente me trata por Catarina :)

      Fiz ontem, ainda não provei. O aspecto é bom, mas ficou um pouco líquido, mesmo depois de mexer e repousar. Não ia cozer em prata mas tive de o fazer, caso contrário escorreria pelos buracos do tacho. Talvez tenha posto um pouco de caldo a mais.

      Segui-me pelas quantidades e não pela medida da chávena porque quando pus o glúten na chávena (em cima da balança) a medida de uma chávena deu logo os 110 gr.

      Quando provar dou feedback.

    • Reply NotGuiltyPleasure Junho 27, 2014 at 8:00 am

      Tenho de rever o peso então, talvez tenha escrito mal porque não é suposto ficar tão líquido :/ no inicio parece um pouco mole mas depois quando amassas vai endurecendo e no fim ficas com uma massa elástica e sólida que não escorre. Mas quando acontece ficas mais mole podes ir acrescentando glúten aos pouquinhos até acertares com a consistência!
      As chávenas que uso são aqueles cups medida, comprei no continente mas também há no gato preto, no o espaço casa, etc… dão mais jeito para estas receitas do que estar a pesar ;)
      Ah e que coincidência chamarem-te Catarina, eu escrevi assim porque li mesmo mal o nome :P
      Beijinho*

  • Reply Carolina Junho 30, 2014 at 2:45 pm

    Muito bem, já provei.
    Fiz como bifes, com cebola e alho. É realmente muito mais saboroso do que o de compra.
    Como o meu ficou mais líquido, os rolos acabaram por ficar também mais finos e as fatias acabaram por estar prestes a desfazerem-se. Ainda assim, o sabor estava muito bom!
    Obrigada!

    • Reply NotGuiltyPleasure Julho 3, 2014 at 11:07 pm

      Da próxima vez que fizeres, se te acontecer o mesmo, põe mais glúten! Eu também fiz várias vezes até chegar à consistência que mais gostava, às vezes ficava muito mole, então fui acrescentando gluten até me parecer melhor!
      E ainda que gostaste, eu já nem compro do embalado, gosto tanto deste! :)

      Obrigada por teres experimentado!
      beijinho*

  • Reply Ovelha Negra Janeiro 10, 2015 at 6:43 pm

    Amanhã o mais tardar podes crer que vou experimentar esta tua receita! :)
    Depois dou feedback

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Janeiro 17, 2015 at 3:17 pm

      Espero que corra bem, eu só faço esta, acho óptima e muito prática! :)

  • Reply Fátima Outubro 30, 2016 at 2:26 pm

    Boa tarde e muito obrigada pela receita, estou ansiosa por experimentar. Pode dizer-me quanto tempo é que se conserva no frigorífiuco?

    Um abraço, Fátima

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Novembro 1, 2016 at 6:56 am

      Olá Fátima, penso que aguentará no máximo uns 5 dias mas também pode fuardar no congelador para usad quando quiser!
      Muito obrigada, espero que goste da receita! :)

  • Reply Nuno Dias Abril 11, 2018 at 6:03 am

    Boas,

    Gostava de saber se já experimentaste fazer as seguintes substituições:

    – Levedura nutricional, em vez de levedura de cerveja. Há alguém que goste mais de levedura de cerveja do que de levedura nutricional?
    – Alho picado, em vez de alho em pó. O alho aguenta-se bem em casa sem lhe fazer nada e já li umas coisas sobre o terceiro episódio da série “Rotten” (https://www.reddit.com/r/netflix/comments/7r3cwg/rotten_anyone_else_really_disturbed_by_e3_garlic/?st=jfumyt4y&sh=0c2f126e) que me têm afastado do uso de alho em pó, pelo menos até ver o episódio e me informar melhor.
    – Salsa fresca (tenho de experimentar este método de conservação: https://www.seriouseats.com/2015/04/the-best-way-to-store-fresh-herbs-parsley-cilantro-dill-basil.html), em vez de salsa picada.
    – Concentrado de tomate, em vez de polpa de tomate.

    Além disso, não sei se é possível arranjar piri-piri em flocos onde moro. Se for moído ponho a mesma quantidade? A polpa de tomate costumas comprar, certo? O que é que fazes ao que não usas? Eu tinha um pacote aberto no frigorífico de ter feito pimento recheado e experimentei agora pô-lo no congelador em doses de 15g (uma colher de sopa) numa forma para gelo diferente das habituais:

    https://imgur.com/a/6ndK6

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Abril 11, 2018 at 6:25 pm

      Olá Nuno!

      Em relação ás tuas perguntas:

      1. Nunca usei levedura nutricional porque só há pouco tempo comprei para experimentar. Uso sempre a levedura de cerveja e honestamente não senti uma diferença grande no sabor, pelo que não vejo problema na troca. Quanto a gostar mais de um ou de outro, não tenho esse feedback mas penso que isso já parte do gosto pessoal de cada um de nós.

      2. Nunca usei alho picado nem salsa fresca, mas penso que ficará bem! A salsa fresca tem um sabor diferente, eu gosto muito, mas cuidado para não ser em demasia. O que aconselharia era a juntares esses dois ingredientes à mistura liquida em vez de ser à sólida. Eu juntaria os líquidos, com o alho e a salsa e poria na liquidificadora para triturar o melhor possível e evitar pedaços grandes de alho ou de salsa no seitan.

      3. Uso polpa de tomate porque é o mais prático mas sim, podes usar concentrado. O que sobra faço como disseste, ponho no congelador, normalmente até ponho mesmo numa caixa ou frasco e congelo para depois usar em outras receitas. Assim nunca estragas. Já agora, faço o mesmo com o leite de coco, fica a dica ;)

      4. Piri-piri moído recomendo que ponhas em menor quantidade, pois em pó fica mais concentrado. Mas podes descartar este ingrediente se quiseres, ultimamente nem tenho usado. Aliás esta é uma receita base mas podes brincar com ela e trocar as especiarias conforme mais gostares! Podes trocar a salsa e os orégãos por outras ervas, podes junto-las frescas como sugeriste, usar sabores como os cominhos, o gengibre, a pimenta, paprika, enfim! Experimenta, brinca com os sabores e irás com certeza encontrar aqueles que mais gostas! :) E se não tens algum ingrediente não faz mal, improvisa. Por ex, no outro dia fiz seitan mas não tinha farinha de grão por isso juntei só mais um bocadinho do glúten (não muito para não ficar demasiado rijo) e funcionou muito bem!

      Quanto à questão do alho em pó, podes sempre procurar uma marca com origem de confiança para evitar o problema que mostra o link que enviaste. E a conservação das ervas, muitas vezes congelo, se for para usar em cozinhados, mas se for para usar frescas tenho-as num frasquinho com água tal e qual como diz o artigo que mostras, em cima do meu balcão da cozinha e tem funcionado muito bem! :)

      Espero ter ajudado, qualquer outra dúvida fica à vontade para colocar!

    Leave a Reply