Receitas

Mini Tartes de Cebola e Tomilho

Chegou o calor!!! :) Espero que venha para ficar porque já estou pronta para arrumar as botas e as mangas compridas para andar de pézinhos e braços ao ar :)

Com mais horas de luz e temperaturas boas para passear, estes dias de Primavera já a cheirar a Verão pedem passeios fora de casa! Pedem uma ida à praia, à serra ou ao jardim, com uma manta na mala para estender no chão e sentar, bebidas frescas e muitos petiscos para ir saboreando. Umas mini tartes são sempre uma opção prática, fáceis de fazer e ainda mais de comer, são o meu petisco preferido para um pic-nic. São também uma boa opção de marmita para um almoço leve e podem ser congeladas para saborear mais tarde. Estas são de cebola e tomilho, uma combinação de sabores que adoro, mas podem brincar com os legumes e dar-lhes o sabor que mais gostarem. Outra das minhas combinações preferidas é a de cebola, alho-francês, cenoura e courgete, com ou sem cogumelos, e muita salsa ou coentros.

Vamos ao petisco? :)

tartes1

Ingredientes (para cerca de 10 mini-tartes)

Massa (do livro, Cozinha Vegetariana para quem quer poupar)

  • 1 chávena de farinha de trigo (com ou sem fermento)
  • 1 chávena de farinha de trigo integral
  • 1/2 chávena / 125 mL de água
  • 1/4 chávena / 60 mL de azeite
  • 1 pitada de sal

Nota: metade desta receita de massa é suficiente para as 10 tartes, mas faço sempre esta quantidade pois congelo o que sobra, dando assim para um próximo uso.

Recheio

  • 1 cebola grande, em meias luas finas
  • 1 alho francês grande, parte branca, em meias luas finas
  • 1 dente de alho, picado
  • 1 raminho de tomilho fresco, apenas as folhas
  • 100mL de natas vegetais (costumo usar de soja ou de arroz)
  • Azeite q.b.
  • Sal e pimenta q.b.

 

Como preparar

Numa taça grande juntar as farinhas e o sal. Num copo colocar a água e o azeite e, embora eles não se misturem, mexer algumas vezes com a colher. Colocar os líquidos na taça com as farinhas, envolver, mexer com a mão, sem amassar muito, até se formar uma massa moldável que se despegue das mãos. Se estiver muito seco, junte um pouco mais de água, mas em pouca quantidade de casa vez, uma colher de café por exemplo, até obter a consistência adequada. Deixar repousar 10 minutos no frigorífico antes de esticar.

Num tacho colocar o azeite, o alho e a cebola e deixar amolecer. Juntar o alho francês, uma pitada de sal e o tomilho e saltear durante uns minutos, até os legumes ficarem cozidos e ligeiramente caramelizados. Deixar arrefecer e reservar.

Numa tacinha colocar as natas e tempere com uma pitada de sal e de pimenta.

Retirar bolinhas de massa do tamanho de bolas de ping-pong, esticar em formato arredondado com a ajuda de um rolo da massa e forrar formas de queques com a mesma. Colocar a mistura de cebola e alho-francês já arrefecida nas formas com a massa e no topo uma colher de sopa de natas, bem espalhada pela mini-tarte. Levar ao forno a 180ºC durante 25-30 minutos.

tartes2

tartes3

Previous Post Next Post

You Might Also Like

14 Comments

  • Reply teresa leonor Maio 12, 2015 at 12:13 pm

    há uns tempos tentei fazer essa massa e saiu-me mal :( misturei na taça mas nunca se chegou a despegar e depois não consegui usar… saiu-te bem à primeira?

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Maio 12, 2015 at 12:31 pm

      Sim Teresa, por acaso nunca tive problemas com ela e já fiz imensas vezes! que estranho :/ se achares que está muito mole usa mais farinha, eu até tenho o problema contrário que é ficar um bocado seca ao início e depois tenho de juntar um pouco mais de liquido.

  • Reply Gori Maio 12, 2015 at 12:21 pm

    Os meus pés e braços já andam ao ar desde ontem, e eu muito contente com este calorzinho.
    Tudo o que é mini fica tão mais apetitoso, e estas tuas tartes são um exemplo. As empadas de tofu, nozes e pinhões desse livro foi uma das receitas salgadas que mais sucesso fizeram no aniversário do meu filho pequeno. Fiquei mesmo surpreendida, a maior parte dos meus familiares torce sempre o nariz quando eu falo vegetariano, mas adoraram :)
    Beijinhos

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Maio 12, 2015 at 12:33 pm

      tenho de fazer esas tartes, também as tenho debaixo de olho, adoro tudo com frutos secos! :) e toda a gente torce o nariz ao vegetarianismo, o truque é nem dizeres o que é, só depois do prato elogiado é que se explica eheh :P
      eu também já ando de bracinhos ao léu, os pés acho que vai ser hoje, já estou com saudades das sandálias ihih

      obrigada Gori, beijinho grande

  • Reply Ovelha Negra Maio 13, 2015 at 8:46 am

    Tekas likes this a lot :D A minha irmã tem andado sem tempo, e têm-me pedido umas quicehes vegan, que venho a descobrir são tão parecidas aqui com a tua tarte de cebola. Cebola e tarte é provavelmente a melhor combinação de sempre :) Eu mantenho-me fiel à massa que costumo fazer, super crocante e infalível, mas este recheio vai comigo :)
    Beijinho
    Teresa | A Cozinha da Ovelha Negra

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Maio 18, 2015 at 2:56 pm

      Eu já tinha visto as tuas tartes e sim, são mesmo parecidas, eu só não faço fechadas porque me dá muita preguiça eheh :P adoro-as, o ano passado no Verão fiz tantas, dão imenso jeito para os passeios e para levar de férias para comer qualquer coisa rápida. Esta massa também fica super crocante, gosto muito por não precisar de manteiga, já nem faço outra! :)

      Beijinhoo*

  • Reply Ginja Maio 14, 2015 at 11:28 am

    Por aqui tem feito calor e a manga curta e os braços ao léu já reinam, se bem que hoje amanheceu com chuvinha, ainda incerto.
    Mas que a vontade de fazer piqueniques é garnde, é. Desde que não seja aí naquele monte :) Mais à beira rio!
    E adoro essas tartes, a cebola fica tão bem nelas. Um beijinho.

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Maio 18, 2015 at 2:54 pm

      Sim à beira rio é que os piqueniques são bons, para apanhar fresquinho ihih :)

      Obrigada Inês, beijinho*

  • Reply teresa leonor Maio 15, 2015 at 12:25 pm

    eu depois juntei mais farinha e voltei a misturar tudo muito bem e nunca se despegou… tenho de experimentar outra vez :)

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Maio 18, 2015 at 2:52 pm

      Experimenta sim, ainda ontem fiz outra vez esta massa e correu bem, tenta usar farinha de trigo com fermento, pode ser que fique mais elástica e mais fácil de trabalhar

  • Reply Mariana Neves Junho 10, 2015 at 6:38 pm

    Mais uma que já está na minha lista de receitas a experimentar!! :)

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Junho 11, 2015 at 8:19 pm

      Que bom!! :) obrigada Mariana ❤️

  • Reply Green Food Junho 21, 2016 at 3:56 pm

    Posso fazer as empadas e congelar? :) E depois vão ao forno ainda congeladas não é?

    Adorei quando fizeste* nhamy nhamy

    Beijos

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Junho 21, 2016 at 7:28 pm

      Hummm, honestamente não sei, nunca experimentei congelar, mas acho que sim, experimenta e depois diz-me como ficaram! ;) muaaaahhh*

    Leave a Reply