Receitas

Mimos (e sonhos) da horta e uma Salada de Tomate

Um dos meus (grandes) sonhos é ter uma horta e um pomar.
Há muito tempo que tenho este desejo.
Por vezes penso como gostaria de estar daqui a uns anos e projecto um milhão de coisas.
Uma delas é poder estar mais perto da Natureza, ter uma bonita casa com uma cozinha cheia de luz. Uma casa com um alpendre, com cadeiras e redes de baloiço e onde possa acordar com o chilrear dos pássaros e ver o céu estrelado à noite.
Imagem daqui  
Essa casa terá à sua volta um super terreno, onde vou cultivar os meus legumes, as minhas ervas aromáticas e onde terei um pomar perfumado. A desfrutar destas maravilhas connosco estarão os nossos gatinhos, mais felizes do que nunca por poderem rebolar-se na relva à vontade, juntamente com um monte de outros amiguinhos animais (alguns já com nome escolhido e tudo) que iremos adoptar/salvar/resgatar.
Parece coisa de filme não é?
A mim parece… mas sonho muito com isto e acho que se acreditarmos com muita força e nos focarmos e trabalharmos com um objectivo, o dia-à-dia de algo que já nos parece tão afastado do que queremos começa a fazer um pouco mais de sentido, pois sei que é a fase que tenho de passar até começar a construir a realidade que quero.
Mesmo não tenho a minha horta, não me posso queixar de não ter produtos fresquinhos da terra pois vejo-me rodeada de pessoas generosas que fazem chegar até mim um pouco destas suas preciosidades, a quem eu agradeço muito!
A vizinha da minha mãe, que partilha sempre connosco as suas pequenas colheitas. Este ano já foram tomates, pimentos, courgettes, pepinos, feijão verde e umas ameixas rainha cláudia (as minhas preferidas) soberbas.
Os pais da minha colega A., que são uma simpatia e que me ofereceram umas deliciosas maçãs ácidas, mesmo como eu gosto, e uma lindas pêras que têm dado óptimos sumos.
Os amigos A. e F. que me deram uma courgette de Santarém que mais parecia do Entrocamento, de tão grande que era!
Como vêm tenho tido muita sorte com vários miminhos bons. :)
Estes tomates pequeninos e super amorosos foram mais um mimo, presente da mãe do J.
Eu não sou a maior fã de salada de tomate maduro, para mim tem de ser com tomate bem verde!
Mas algo que o vegetarianismo me ensinou é que consigo treinar o meu paladar para sabores que não me agradam tanto e por isso ultimamente o meu alvo tem sido o tomate maduro cru.
Como tal, achei que valia a pena mais um treino com estes tomates mini e fiz uma salada.
Cortei os tomates ao meio, juntei pedaços de pepino, que também foi oferta da mãe do J., cebola às rodelas fininhas, sal, azeite, vinagre e óregãos secos…muitos!! 
 
Ficou muito boa e consegui comer, mas ainda não estou no ponto em que a devore (o Filipe tratou disso por mim!).
De qualquer maneira há algo que adoro nesta salada, não interessando se é com tomate maduro ou verde: o molhinho que fica num fundo da tigela. Uma mistura irresistível do vinagre com os óregãos e os sucos do tomate, perfeito para molhar o pão e comer com a maior gulodice!
Super simples e fresquinha, ideal para combater o calor que ainda se faz sentir nestes últimos dias de Verão. :)
*Bom início de semana*
Previous Post Next Post

You Might Also Like

7 Comments

  • Reply Limited Edition Setembro 2, 2013 at 12:15 am

    Também partilho desse mesmo sonho: com o pomar, a horta, a cozinha enorme e cheia de luz e os animais resgatados. E curiosamente na sexta comprei um saquinho de tomate cherry muito pequenino que ficou muito saboroso numas pizzas fingidas de beringela! Boa semana, beijinho*

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 3, 2013 at 3:56 pm

      É algo em que penso todos os dias e que acho que dará todo um novo sentido à minha vida!
      Tal como para mim, espero também que para ti este sonho se torne uma realidade :)

      beijinho*

  • Reply Ana Setembro 2, 2013 at 7:27 am

    Adorei este post e partilho também desse sonho. Aliás que pontaria! Estou mesmo a preparar um post que fala um bocadinho deste sonho :)
    Só espero que consigas concretizar o teu sonho!! :)
    Beijinho

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 3, 2013 at 4:00 pm

      Obrigada Ana, sei que para muitos é algo banal mas para quem não tem esse previlégio e gostaria, como nós, é mesmo de sonho!

      Espero que o consigas concretizar também :)

      E fico ansiosa por ler o teu post!!

      beijinho*

  • Reply Aislin Setembro 2, 2013 at 9:03 pm

    eheheh!! =)
    Adoro a forma como partilhas sempre um pouco de ti!
    Olha, façamos assim! Quando tivermos as nossas hortas/quintas depois trocamos legumes ok? =P
    Eu planto umas coisas, tu outras e depois trocamos =D
    Ai ai!

    Sua gulosa!! Ensopar o pão na molhanga!! Tipico português não é?? Eu adoro pão! =P com molho então… ups!

    beijinhos**

    • Reply NotGuiltyPleasure Setembro 3, 2013 at 4:03 pm

      Obrigada :)
      Embora este bocadinho de mim já conhecesses né ;)

      E tá combinadíssima a troca de legumes, fazemos uma sociedade para que não nos falte nada eheh

      Quanto ao pão no molho, sim confesso, pão à refeição e molho para ensopar é do melhor! Deve ser da costela alentejana que tenho que não passa sem isso! :P

      beijinho*

    • Reply Aislin Setembro 17, 2013 at 10:38 am

      Parece-me super bem!! Uma sociedade!
      =)
      Alinho!!

      (olha, li no facebook que há uma senhora com imensa pera rocha que não pode vender por causa do calibre… diz que podemos ir à quinta com a familia colher a pêra. Diz que se pagar-mos 25 cents por quilo ainda nos dá uns quilinhos de borla… fiquei com vontade de lá ir! Gosto muito de pêras! E é capaz de ser um dia divertido!! =) Pena é ser em Torres Vedras)

    Leave a Reply