Veganismo, Vida Consciente

Detergente Natural – Nozes de Saponária

Hoje decidi escrever sobre algo que já ando a “estudar” há algum tempo: nozes de saponária.
O estilo de vida vegetariano preocupa-se com a exploração animal não só a nível alimentar mas também em outros aspectos do quotidiano, como por exemplo nas roupas, calçado ou nos produtos que usamos para higiene pessoal e da casa, por exemplo.
Para além da preocupação pelos Animais há ainda a preocupação pela Natureza, existindo sempre um cuidado para minimizar ao máximo a nossa pegada ecológica e escolher produtos o mais amigos dos ambiente possíveis.
As nozes de saponária são um bom exemplo de um produto vegetal, amigo dos animais e do ambiente e é por isso que hoje vou falar sobre as mesas.
Mas afinal, o que são Nozes de Saponária?
Imagem daqui
 
Estas nozes são os frutos de uma árvore com o mesmo nome, a Saponária, que é cultivada principalmente na Índia e no Nepal. Na casca das nozes encontram-se saponinas, substâncias químicas vegetais que em contacto com água formam espuma com acção detergente.
Assim sendo, esta planta é usada como agente de limpeza em diversas situações, por exemplo na lavagem de roupa, loiça e até na higiene pessoal.
Há bastante tempo que tinha cá em casa 2 saquinhos com nozes de saponária que vieram como amostra quando encomendei uns produtos numa loja on-line (que já não me recordo qual). Recentemente lembrei-me delas e após algumas pesquisas decidi experimentar para ver se eram eficazes e se poderiam ser uma aposta em troca do detergente da roupa.
Li em vários locais que com as nozes de saponária deveria utilizar-se água quente para acelerar o processo de activação das saponinas. Não costumo lavar a minha roupa a mais de 30ºC e não vou modificar isso, pelo que decidi experimentar das duas maneiras: com lavagem a frio e com lavagem a 30ºC, que já é uma temperatura relativamente quente.
As nozes são colocadas num saquinho de algodão (ou numa meia, que foi como fiz) e vão para o tambor da máquina, no meio da roupa. Para uma máquina de roupa de 4-5kg devem ser usados 20g de nozes de saponária, que podem ser reutilizadas, tendo um tempo de vida máximo de 4 lavagens.
Da experiência que tive com as nozes cheguei a algumas conclusões:
  • Tal como é relatado em todos os textos sobre as nozes de saponária, a roupa fica sem cheiro. A minha ficou efectivamente sem cheiro, mas não me desagradou pois o que sentia era “cheiro” a limpo. Não é o aroma que toda a gente conhece como o aroma de roupa lavada, que vem dos perfumes e químicos existentes no detergente, mas também não é cheiro a roupa molhada, por isso não desgostei.
  • Não senti qualquer diferença entre lavar a frio e a 30ºC. Consegui ver espuma a formar-se no tambor da máquina pelo que as saponinas foram libertadas na mesma, exercendo o efeito que se pretendia.
  • Remoção de cheiros da roupa: na minha roupa fiquei satisfeita, saiu limpinha e sem cheiros desagradáveis. Na roupa do Filipe, já nem tanto. A sudação também é mais intensa nele e sendo as nozes de saponária um detergente leve, não é de estranhar. Algumas camisolas ficaram boas, outras tive de voltar a lavar.
  • Remoção de nódoas: não faz milagres, mas isso nem o detergente normal! Nas nódoas mais difíceis deve ser feito um pré-tratamento antes de irem à máquina, pois as nozes não são suficientemente fortes para retirá-las por completo. Vi neste site que colocar em água fria com bicarbonato de sódio, de um dia para o outro, é uma das opções, mas honestamente ainda não experimentei. Neste blog também há técnicas mais naturais para eliminar algumas nódoas sem ter de recorrer aos produtos químicos nocivos para o ambiente. Mas em nódoas mais leves ou tecidos que não absorvam tanta sujidade, pareceu-me funcionar bem. Vou mostrar-vos um exemplo:
Esta é a minha camisola após ter usado a varinha mágica para reduzir beterraba cozida a puré 
(lembram-se de vos dizer nos cupcakes red velvet que o espaço à volta tinha ficado digno de cena de crime? Pois isto foi como eu fiquei!)
 
 
Esta é a mesma camisola depois de ter sido lavada apenas com as nozes de saponária
Fiquei agradavelmente surpreendida pois achei que ia ficar ainda com manchas ou que ia apenas esbater a nódoa, como aconteceu com outras peças de roupa (nomeadamente os panos de cozinha, que são sempre os mais maltratados cá em casa). A camisola saiu mesmo limpinha, sem nenhuma nódoa da maldita beterraba!
Factos apresentados, é altura de decidir se devo ou não deixar o detergente e passar a usar as nozes de saponária. O detergente que uso já é mais ecológico e não testado em animais por isso fiz uma lista de vantagens e desvantagens das nozes de saponária em relação ao mesmo.
Vantagens:
  • É um produto 100% natural, com químicos vegetais e por isso biodegradável e não poluente, sem parabenos ou outro tipo de conservantes.
  • Ausência de cheiro e de perfumes, o que reduz o risco de alergias.
  • A eficácia pareceu-me muito semelhante ao detergente habitual.
  • 1kg de nozes de saponária custa cerca de 14-15€ e dá para cerca de 150 a 200 lavagens. Falando em valores médios dá um custo de aproximadamente 0,085€ por lavagem. O detergente que utilizo custa cerca de 7,60€, dá para aproximadamente 40 lavagens e o seu custo por lavagem seria de 0,19€, tornando assim as nozes mais baratas, mesmo se compradas on-line com portes de envio.
  • Podem ser usadas em diversos tipos de lavagens e após as 4 lavagens servem adubo para quem faz compostagem.
Desvantagens:
  • Não se encontram em supermercados normais, como o detergente ecológico. Isso para mim é uma desvantagem pois nem sempre faço encomenda on-line.
  • Apesar de não ser químicos, vem de países longínquos, o que aumenta logo o gasto de combustível no transporte, sendo desvantajoso para o meio ambiente. Será que mesmo assim fica à frente dos detergentes ecológicos? Não sei…
  • A roupa com mais cheiros não ficou 100% livre deles.
Veredicto final:
 
Ainda não me decidi!
Confesso que até gosto do cheirinho do detergente habitual mas posso muito bem passar sem isso em prol da redução da libertação de químicos para o meio ambiente.
Provavelmente irei encomendar um saco quando fizer uma compra on-line. Provavelmente também terei em casa uma embalagem do detergente ecológico, só para prevenir.
Ainda me falta fazer os testes noutros tipos de limpeza. Para isso terei de ferver as nozes que me restam, experimentar o resultado e depois faço um update do post.
Mas de um modo geral fiquei satisfeita com o produto e é uma opção que me parece realmente boa e a considerar.
Deixo-vos aqui alguns links das pesquisas que fiz, em relação às nozes de saponária.
Opiniões:
Formas de usar as nozes:
Mais informação:
Agora contem-me…
Qual a vossa opinião relativamente a este detergente alternativo?
Já alguma vez usaram? O que acharam?
Para terminar quero só dizer que este foi então o último post da Semana Vegetariana e em 7 dias consegui publicar 6 vezes.
Faltou só 1 post para atingir o objectivo a que me tinha proposto, mas de qualquer maneira continuo orgulhosa e feliz por ter conseguido tanto. Admiro muito quem posta diariamente e ainda trata da casa, trabalha o dia inteiro e faz as restantes tarefas do dia, é que para mim, com o trabalho a ocupar-me muitas horas por dia, não foi nada fácil!
Espero que tenham gostado do que vos falei esta semana!
Volto daqui a uns dias, mais descansada e com ideais novas! :)
*Bom resto de semana*
Previous Post Next Post

You Might Also Like

16 Comments

  • Reply Flores de Oliveira Outubro 8, 2013 at 5:45 am

    As coisas que tu nos ensinas! Obrigada :)
    Beijinhos

  • Reply Limited Edition Outubro 8, 2013 at 8:57 am

    Não conhecia estas nozes e fiquei curiosa, mas para já ainda sou daquelas que está lentamente a introduzir alterações no seu estilo de vida, por isso ainda nem cheguei ao detergente ecológico… Engraçado como para quem não assume a filosofia vegetariana a 100%, acabamos por pensar só em maneiras de cortar a proteína animal da alimentação, o resto fica um pouco esquecido. Ainda nao li o livro de que falaste sobre vegetarianismo e tenho-o comigo. Sei que quando o fizer vou começar a dar consistência a muitas questões q levanto e acho que nao estou ainda preparada ou vivo em negação… Mas tb ja tinha escrito sobre este tema pq conheço o impacto mediático que ele teve. E por último, gostei mt da semana vegetariana por estes lados! Um post a mais, outro a menos… ;) beijinhos

    • Reply NotGuiltyPleasure Outubro 14, 2013 at 12:24 pm

      Eu também fui aos poucos, até porque no início era só mesmo a comida que estava a modificar, só mais tarde começámos a pensar em tudo o resto que faz parte do pacote de “ser vegetariano/vegan” e arranjar alternativas para outros aspectos do quotidiano!
      O livro é muito interessante e vale a pena ler, mas concordo que o deves fazer quando te sentires preparada. Mas será que alguma vez te vais sentir assim? É muito fácil fechar os olhos a vários assuntos para não termos de pensar na origem de muita coisa, eu fazia o mesmo. Dizia sempre “eu sei como as coisas se passam” e não me sentia mal com o que comia (tirando as vezes em que levava com os olhares reprovadores do homem cá de casa). Depois de ler já não consegui continuar a ignorar e digo-te que foi uma mudança que me fez sentir muito melhor como ser humano! :)

      Depois de o leres diz o que achaste! Eu acho que davas uma óptima vegetariana ;)

      beijinhos*

  • Reply Pedacinho de Noz Outubro 8, 2013 at 11:41 am

    Eu gosto muito de usar nozes de saponária. As vezes adiciono umas gotas de óleo essencial de alfazema no saquinho de pano, depois é só por a lavar e a roupa fica limpinha e cheirosa. As vezes quando lavo toalhas ponho uma colher de sopa de vinagre na gaveta do amaciador, elas ficam suaves e o cheiro desaparece.
    A unica diferença que eu encontro em usar nozes de saponaria é na suavidade, quando a roupa é lavada com detergente normal os quimicos que ele tem deixam a roupa mais suave e maleavel (mesmo sem usar amaciador) ao contrario das nozes mas para mim isso não é um problema.
    Adoro-as! Uso-as sempre que posso e felizmente no Porto ha imensos sitios onde as posso comprar. :)

    • Reply NotGuiltyPleasure Outubro 14, 2013 at 12:28 pm

      Eu também utilizo o vinagre e os óleos de cheiro para melhorar a lavagem :)
      Quanto à suavidade não vi diferença mas também não me acho problema. Acho que mais cedo ou mais tarde vou mesmo optar pelas nozes.
      Que sorte aí no Porto existir oferta :) Tenho de as procurar melhor aqui em Lisboa mas nunca me lembro de as ter visto à venda!

      **

  • Reply Carla Outubro 9, 2013 at 11:58 am

    uau!! obrigada pela partilha!!! Cá em casa é super dificil introduzir este tipo de conceitos :S
    Não sei se vão aderir, mas vou tentar!! (estou deserta para ter a minha casa!! LOL)
    Olha, encontrei isto:

    http://terapiasparatodos.com.br/como-tirar-manchas-da-forma-mais-natural-possivel/

    Esta semana vegetariana foi fixe pá! =D

    Keep going!

    (e não te esqueças do veganário fest!)

    • Reply NotGuiltyPleasure Outubro 14, 2013 at 12:35 pm

      Quando tiveres a tua casinha vai ser tudo all natural!! :)

      obrigada pelo site tem dicas muito fixes :)

      E sim veganário fest tá marcadíssimo! :)

      beijinhooo*

  • Reply Vegan Aos 30 Novembro 21, 2013 at 2:52 pm

    Comprei nozes da saponária faz algum tempo, mas a minha primeira experiência com as nozes não foi muito boa pois fiquei com umas manchas acastanhadas na roupa…bom, é verdade que a minha máquina está a precisar de reforma e pode ter sido disso!!
    Eu utilizo as minhas nozes para fazer detergente multiusos fervendo 1lt de água com 8 nozes durante 10min, e depois acrescento umas gotinhas de oléo essencial de limão, deixo arrefecer e voilá…
    As mesmas nozes dão para 4 vezes :)

    Beijinhos

    Rita

  • Reply Teresa Carvalho Julho 10, 2015 at 3:34 pm

    Olá :)
    Bela partilha!
    Eu uso estes frutos há 1 ano, como descreves, e gosto imenso.
    Contudo, há uns tempos experimentei fazer com eles detergente líquido, por várias razões.
    Acontecia-me a certa altura já andar meio baralhada em relação às bagas, porque por vezes acrescentava só 1 ou 2 e às tantas já não percebia quais as que precisavam de ser substituídas, além de que nem sempre me lembrava quantas vezes já as tinha usado.
    Outra razão foi porque, quando lavava com água fria a roupa mais suja, tinha de pô-las de molho em água quente durante 5-10 minutos antes para ter melhores resultados.
    Entretanto, encontrei esta receita que resolvi experimentar e de que gosto muito.
    Aqui fica.

    Detergente Líquido Caseiro
    (Esta quantidade dá-me para cerca de 12-15 máquinas)
    Ingredientes:
    24–30 frutos
    12 chávenas de água
    1 c/chá de ácido cítrico ou 2 c/chá de sal
    (Ajuda a manter o detergente fresco mais tempo
    16-20 gotas de óleos essenciais (opcional)
    Gosto de usar limão, ou alfazema ou tea tree.

    Modo de fazer:
    Colocar num tacho as bagas e a água, deixar levantar fervura. Baixar o lume, tapar e manter em lume baixo a fervilhar durante cerca de 1 hora.
    O calor ajuda a extrair as saponinas das bagas para a água.
    Apagar o lume e deixar a mistura arrefecer.
    Coar.
    Deixar arrefecer e, quando estiver morno, juntar o ácido cítrico ou o sal, conforme a escolha.
    Se usar o ácido cítrico, dissolva 1 c/chá de ácido cítrico em 2 c/sopa de água quente e junte à mistura.
    Se usar sal, dissolva 2 c/chá de sal em 3-4 c/sopa de água quente e junte à mistura.
    Quando está frio, se quiser, acrescente o óleo essencial.

    Modo de usar
    Agitar bem o frasco e deitar o equivalente a cerca de 2-4 c/sopa por carga
    Se a roupa estiver bastante suja, uso um pouco mais, se for uma máquina com pouca carga, uso menos.

    Nota: Se guardo o detergente num recipiente de vidro bem fechado num armário, dura 1-2 semanas. Se ponho no frigorífico, dura 3-5 semanas.

    Alguém acima referiu que a roupa ficou manchada. Estes frutos/bagas não mancham. No entanto, as sementes dentro deles podem manchar. É importante verificar se se está a comprar bagas sem sementes.

    beijinho e grata por esta página e partilhas

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Julho 16, 2015 at 8:08 am

      Teresa, obrigada pela dica, na verdade desde que fiz este post que não voltei a usar as nozes de saponaria, mas quero comprar porque e acho que vou experimentar essa “receita” porque há algumas coisas que lavo à mão e será muito mais prático assim.

      Um beijinho e obrigada pela partilha!! :)

    • Reply Isabel Capelo Rosado Março 17, 2018 at 12:24 pm

      Olá Teresa
      Já experimentei e gostei muito. Mas tenho uma dúvida, quantas vezes usa as mesmas nozes?
      Bjs e muito obrigada pela partilha

    Leave a Reply