Onde Comer, Veganismo

De Comer e Chorar por Mais – Semana Vegetariana 2017 #2

Comer fora de casa é uma das coisas que eu e o marido gostamos de fazer (quem não gosta, certo? ;) ) e somos uns priveligiados pois vivemos perto de Lisboa e podemos desfrutar de toda a oferta vegetariana, cada vez maior e melhor, que a cidade tem para nos oferecer!

Neste post vou falar-vos dos nossos locais favoritos para comer, não só em Lisboa, mas também no Porto porque, malta do Norte, ai carago, vocês estão muito bem servidos! Pedi ajuda ao marido para fazer a selecção e decidimos escolher três para cada cidade, tendo como critérios serem sítios onde já tenhamos ido os dois e onde, sem qualquer esforço, comeriamos todos os dias para o resto das nossas vidas!

Ao 26 – Vegan Food Project

Este é, sem sombra de dúvida, o nosso restaurante favorito em Lisboa! Já éramos fãs da comida quando ainda estava apenas numa food truck, a 100% Saboroso, mas em restaurante ganhou outro nível. O espaço é muito bonito, com ar minimalista e moderno, com pormenores delicados que o tornam muito confortável, como algumas mesas com sofás ou a luz suave. Uma das minhas partes favoritas é a cozinha aberta para a sala de refeições, que nos deixa ver a azáfama que por lá se passa e a cuidado no empratamento, que fica sempre tão bonito! Penso que a ementa vai variando de temporada em temporada, mantendo alguns dos pratos da casa, como os hambúrgueres (de lentilhas ou beterraba) com chips de batata doce, que são deliciosos. O caril tailandês, o risotto de cogumelos e espargos, o tofu com broa e a francesinha também não lhes ficam atrás! Adorava ter fotos bonitas para vos mostrar, mas de todas as vezes que lá fui tirei fotos rápidas e depois deixei o telefone um pouco de lado para desfrutar da comida e da companhia, por isso acho que o melhor é fazerem-lhes uma visita e comprovarem por vocês mesmos o quão bom é! ;)

Dica de amiga: se lá forem jantar ao Sábado, vão cedo! O restaurante fica cheio num ápice e não aceita reservas nesse dia.

Onde fica: Rua Vítor Cordon, n26, Lisboa (zona do Chiado / perto do Cais do Sodré)

 

 

Fragoleto

Esta gelataria deve ter sido o sitio que mais frenquentámos este Verão, de tal modo que até tenho uma cartão de cliente ihih. É, para mim, o sítio com os melhores gelados vegan de Lisboa, com sabores que vão para além dos típicos sorvetes que facilmente encontramos, por exemplo canela, baunilha, caramelo, café ou pistachio. Nos sorvetes de fruta podem também encontrar sabores pouco comuns como melancia e uva. Os gelados são artesanais, feitos com base de leite de arroz e de soja e são para lá de maravilhosos, doces na medida certa e muito cremosos. Podem desfrutar deles no copo ou em cone de bolacha vegan e sem glúten que a loja tem. Já experimentei quase todos os sabores e a nossa combinação preferida é a de chocolate com pistachio, a sério, não há melhor! Mas se são amantes do sabor a café, têm de experimentar esse. Comi-o da última vez e juro que era capaz de despachar um balde desse gelado.

Dica de amiga: perguntem ao balcão quais os sabores de gelados vegan que têm. Normalmente só os sorvetes estão expostos e as pérolas como o chocolate, pistachio ou caramelo estão “escondidas” no interior da loja.

Onde fica: Rua da Prata, n61, Lisboa (Baixa)

 

 

Sama-Sama

Os melhores crepes salgados de Lisboa são do Sama-Sama. E porquê? Porque são vegan, com ingredientes frescos e biológicos, têm guacamole no interior e à volta uma mega crosta de queijinho vegetal derretido. A sério, é preciso dizer mais alguma coisa? Para além dos crepes têm sumos naturais, smoothies, saladas e pequenos-almoços, sempre com opções totalmente vegetarianas. O Sama Sama tem um grande cuidado a nível ambiental, usando materiais reutilizáveis, como frascos de vidro e palhinhas de bambu para servir os sumos, guardanapos de papel reciclado e embalagens de take-away biodegradáveis, o que para mim lhes dá muitos pontos na escala de awesomeness ;) É um espaço pequenino em metros quadrados mas gigante em simpatia e comida saborosa, por isso recomendo muito que o visitem.

Dica de amiga: levem o vosso próprio copo, frasco ou garrafa reutilizável e tenham 0,20€ de desconto na vossa bebida.

Onde fica: Travessa do Corpo Santo, n7, Lisboa (Cais do Sodré)

 

Em Carne Viva

Melhor. Restaurante. Vegetariano. De. Sempre.

Quando fomos ao Porto pela primeira vez este era o vegetariano que mais queríamos experimentar! É um conceito muito diferente do que tinhamos cá na altura: comida de chef, à carta. Podem ler aqui como foi a nossa primeira experiência lá, mas posso dizer que adorámos, achámos o restaurante lindo e decidimos que numa próxima vez iriamos mais bem vestidos, pois o local merecia uma produção melhor do que as nossas t-shirts simplórias e all-stars rotos. Voltámos lá este ano e acho que me vou lembrar dessa refeição durante muito tempo porque foi realmente maravilhosa. O atendimento é fantástico e a comida nem se fala! Um caldo verde desconstruído para entrada, um mil folhas de legumes com creme de caril para mim e bifinhos de seitan com castanhas, puré de batata e molho de cogumelos para ele (divinais os dois pratos) e, no fim, a sobremesa pela qual eu venderia um rim se fosse preciso: explosão de chocolate com todos os bocadinhos de decadência que podem imaginar, desde mousse de chocolate, a brownie de oreo, copinho de chocolate com vinho do Porto, sorvete de citrinos e suspiro vegan. MEU DEUS! 😱❤️  Adorava ter fotos melhores para vos mostrar o quão bonitos são os pratos, mas o ambiente era a meia luz, o que torna o restaurante muito intimo e acolhedor e quis aproveitar a noite ao vivo e a cores e não através de um ecran. Não posso recomendar mais o Em Carne Viva, se forem ao Porto tornem-no uma paragem obrigatória! (E para quem ficou curioso, sim, fomos bem arrumadinhos e lindos desta vez 😉)

Dica de amiga: durante o Verão jantem no jardim romântico interior do restaurante. Vão poder desfrutar um bocadinho do bonito jardim ainda com luz do dia e quem sabe na companhia de um ou outro miau.

Onde fica: Avenida da Boavista, n868, Porto (perto da Casa da Música)

 

Black Mamba – Burgers & Records

Este é outra das nossas paragens obrigatórias no Porto e este ano quando chegámos à cidade foi o nosso primeiro destino, ainda carregados de malas e tudo! Aqui esqueçam as coisas saudáveis, é um restaurante declarado de fast-food vegetariana e ponto, mas como diz alguém que conheço, perdoa-se o mal que faz pelo bem que sabe! Os hambúrgueres são deliciosos, acompanhados com gomos de batata frita e claro, o respectivo molho que elas merecem e há sempre sobremesas de babar, como brownies, crumbles e cheesecake. Não é só a comida que nos faz gostar do Black Mamba, o seu conceito diferente, de hamburgueria/loja de música alternativa atrai-nos muito e é, para nós, um local agradável para estar nas calmas, deliciar-mo-nos com boa comida vegan e, talvez, aumentarem a vossa colecção de discos de vinyl.

Dica de amiga: arranjem espaço no vossso estômago para provar o cheesecake e depois digam-me se não é o melhor cheesecake vegan de sempre. You’re welcome!

Onde fica: Rua dos Mártires da Liberdade, n130, Porto (perto da zona da Cedofeita)

 

Hand’Go

O Hand’Go é um restaurante de take away cuja especialidade são pizzas, com massa caseira deliciosa e fofa e quem têm como opção pizzas vegan com “queijo” vegetal do bom! Tão bom que vocês não imaginam o susto que apanhei quando chegámos a casa com a nossa primeira pizza de lá e, sem estar à espera, vi aquele “queijo” todo derretido e pensei: “Caraças, já se enganaram!” Mas não, falso alarme! Assim que provámos a pizzas, o Hand’Go entrou logo para os nossos restaurantes favoritos e basta dizer que em 4 dias fomos lá 3 vezes, para verem o quão viciados ficámos! (às tantas até já eramos reconhecidos por uma das meninas que lá trabalha eheh – Ema, se estiveres a ler isto, um beijinho para ti 😘). Para além das melhores pizzas de sempre, o Hand’Go também tem opções como saladas, crepes doces vegan e sumos naturais, que são perfeitos para acompanhar a comida deliciosa. Para mim o Hand’Go só tem um defeito: é não termos nenhum aqui em Lisboa!

Dica de amiga: a pizza com a combinação de cogumelos, cebola com balsâmico, rúcula  e orégãos é A BOMBA!

Onde fica: Rua da Assunção, n9, Porto (Clérigos)

 

Para além destes que escolhemos há muitos outros que merecem uma visita, como o Aloha Café, a House of Wonders e PSI em Lisboa, ou o Lupin e o daTerra, no Porto. Felizmente há outros locais no nosso país com comida vegetariana deliciosa por isso comentem aqui em baixo e partilhem connosco, quais os vossos favoritos para comer e chorar por mais? :)

Previous Post

You Might Also Like

9 Comments

  • Reply Diana Bruna Ferreira Outubro 6, 2017 at 8:33 pm

    Na minha opinião o Restaurante Jardim dos Sentidos é um dos melhores restaurantes vegetarianos de Lisboa , a comida , o atendimento e o sítio é super acolhedor , para não falar do jardim que têm . No Porto o Lupin sem dúvida ❤️ Beijinhos e obrigada pela partilha dos teus restaurantes favoritos :)

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Outubro 18, 2017 at 5:52 pm

      Olá Diana, também gosto do Jardim dos Sentidos, o espaço é mesmo lindo e a comida muito boa também :) Quanto ao Lupin só lá fui uma vez mas adorei a simpatia e quero muito lá voltar para comer a francesinha e os pastéis de “nata” ;)
      Um beijinho e obrigada pelo comentário!

  • Reply Carla Outubro 7, 2017 at 12:28 pm

    Tenho tanta vontade de ir ao Porto miúda!!! Esse Black Mamba está-me na mira ao tempo!!!
    Ainda não fui ao 26… com muita pena minha.
    O Jardim das cerejas tem um bolo de bolacha maravilhoso! E o restaurado Zen tem também muitas mais opções vegan! Ainda não fui lá! Podemos combinar e vlogamos um jantar ou almoço por lá! ;) Que achas?

    Beijinhos

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Outubro 18, 2017 at 5:54 pm

      Já disse mil vezes que temos de fazer uma road trip de miudas ao Porto :D o Paladar Zen não era dos meus favoritos, embora o Filipe adore! Mas tenho de voltar, pode ser que agora esteja diferente, acho óptima ideia irmos experimentar! ;)
      Beijooooo

  • Reply Carla Outubro 7, 2017 at 12:29 pm

    (p.s- é restaurado sim porque fechou no mês de Agosto para obras :P )

  • Reply Bom Destino Outubro 10, 2017 at 4:18 pm

    Suponho que essas últimas pizzas do Hand’go sejam “aquelas do lado direito da rua” que a Mariana me disse que eram divinais! Não cheguei a provar mas da próxima vez que for ao Porto já sei onde tenho de ir :D, tenho não, temos, que ela vai de arrasto :P sem grande sofrimento claro ihihi

    O ao 26 é mesmo de falecer! (mas atenção, falecer saudável!)
    Serei muito tótó por viver “perto” e nunca ter provado os gelados Fragoleto?

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Outubro 18, 2017 at 5:57 pm

      Ai Adriana, tens taaaanto de ir ao Hand’Go quando voltares ao Porto, devem ser essas mesmo que a Mariana falou, juro que vais adorar :D e sim, aposto que ela nã se vai importar que a leves de arrasto eheh
      A fragoleto é um tesouro ali meio escondido, acreditas que soube disto dos gelanos vegan por uma publicação num blog americano? Yup…. portanto, não, não é toto nunca teres provado, mas está na altura de pores isso na To Do list ;)
      Beijinhooooo

  • Reply Mel Novembro 2, 2017 at 11:27 pm

    Fui ao Sama-Sama com o meu namorado ontem e gostámos muito :) Eles mereciam estar num espaço muito maior.

    Beijinho*

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Novembro 6, 2017 at 6:42 pm

      Concordo contigo e acho que um dia, se for esse o objectivo, eles terão um espaço à medida do que merecem :) tenho de lá voltar, já tenho saudades dos crepes
      Beijinho*

    Leave a Reply

    Powered by themekiller.com