Receita

Croquetes de Brócolos e Avelã

Sexto dia da Semana Vegetariana e hoje no menu temos os croquetes mais viciantes de sempre!

croquetes4

Esta receita vem de um dos últimos livros que comprei, o “Cozinha Vegetariana para bebés e crianças”, da Gabriela Oliveira. Cá em casa não há planos de um veggie baby para breve, mas sou fã do trabalho da Gabriela Oliveira e não poderia deixar de acrescentar este livro à minha colecção, onde já lá moram os primeiros livros dela.

É um livro fantástico, cheio de excelente informação para a alimentação vegetariana equilibrada das crianças, com muitas dicas nutricionais e receitas deliciosas e saudáveis. E as receitas do livro, embora sejam muito direccionadas para os mais pequeninos, também agradam aos maiores.

croquetes5

Estes croquetes saltaram-me à vista assim que folheei o livro e são de babar! A receita original é com amêndoas mas eu troquei pelas avelãs, que gosto bem mais e acho que fazem um par perfeito com os brócolos. Ficam bem crocantes com a avelã por fora, tostadinha e saborosa, e molinhos, quase cremosos, por dentro. Podem comer simples mas adoro servir estes croquetes com um molho de iogurte de soja a acompanhar, um bocadinho dos dois e é a dentada perfeita. :)

croquetes3

Croquetes de Brócolos e Avelãs

(Ligeiramente adaptado do livro “Cozinha Vegetariana para Bebés e Crianças”)

Ingredientes (para cerca de 9 -10 croquetes)

  • 2 cenouras pequenas
  • 1 ramo de brócolos de tamanho médio (cerca de 1 + 1/2 chávena)
  • 1/2 chávena de avelã moída + q.b. para panar
  • 2 colheres de sopa de linhaça moída
  • 1/2 cebola pequena, picada
  • 6 colheres de sopa de farinha de aveia (ou de arroz)
  • Salsa, coentros ou tomilho fresco a gosto, picado
  • 1 colher de café de alho em pó
  • Sal e pimenta q.b.

Como preparar

Coza as cenouras e os brócolos (se tiver maneira de os cozer a vapor é o modo preferível), escorra muito bem e deixe arrefecer.

No processador de cozinha triture as cenouras e os brócolos até formar uma pasta (não precisa de ficar em puré).

Transfira para uma taça e adicione os restantes ingredientes. Misture tudo muito bem com uma colher, rectifique os temperos e a textura. A massa deve ficar ainda húmida mas consistente, sem pegar demasiado às mãos para ser fácil de moldar. Se estiver demasiado húmida acrescente um pouco mais de linhaça ou farinha de aveia.

Retire pedaços da massa, aperte bem na mão para que agregue mais, faça bolinhas (fiz do tamanha de bolhas de ping-pong, +/-) e molde-as em formato de croquete.

Passe os croquetes por avelã moída, coloque-os num tabuleiro forrado com papel vegetal ou tapete de silicone e leve ao forno a 200ºC, cerca de 15 min, rodando os croquetes a cada 5 minutos para tostarem de todos os lados.

Sirva simples ou com molho fresco de iogurte.

croquetes2

NOTA: Para fazer a linhaça moída e a farinha de aveia basta triturar sementes de linhaça e flocos de aveia, respectivamente, no processador, até ficar com aspecto farinha. O mesmo para as avelãs.

 

 

Previous Post Next Post

You Might Also Like

15 Comments

  • Reply Limited Edition Outubro 6, 2016 at 4:06 pm

    Este não foi o livro que compraste quando fomos ver a Gabriela cozinhar na Feira do Livro? As receitas são óptimas, super simples e a informação nutricional é preciosa, tal como nos livros anteriores. Acho que ela revolucionou mesmo a alimentação vegetariana em Portugal e cada vez mais quem planeia (ou não) um veggie baby recorre aos seus ensinamentos. Os vegetarianos já não são considerados pais hippies que reciclam as sandálias e não se depilam para encher os filhos de sementes e raizes, mas sim pais informados que procuram o melhor para os seus filhos e que conseguem comunicar com os médicos sem serem alienados. Consequentemente, penso que a Gabriela Oliveira deve ter sofrido bastante quando começou a enveredar por esse caminho. Vá lá que não desistiu e nos tem deixado livros excelentes! Recentemente lá encontrei o açúcar de tâmaras para me aventurar nos seus doces, a ver se resultam bem também. E as papinhas são do melhor que há, recomendo a imensa gente: nutritivas e baratas!
    Bjs

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Outubro 8, 2016 at 6:01 am

      Sim é esse mesmo! Concordo, ela veio mostrar que ser vegetariano não é só uma moda, que é um estilo de vida possível en família e acho que o sucesso é esse, as pessoas conseguirem identificar-se com o seu exemplo no dia-à-dia! Quanto a isso dos vegetarianos serem hippies sabes que ainda há quem pense isso e acho que te contei de um profissional de saúde lá do hospital que me veio com essa conversa (entre outras pérolas, como a alface não ser para vegetarianos porque cresce do cocó dos animais…), mas sim, vai-se dismistificando a coisa cada vez mais :) Onde arranjaste o açúcar de tâmaras? Eu acho que ela usa mesmo as tâmaras normais, sem glicose e essas tretas… Beijinhoo**

      • Reply Limited Edition Outubro 10, 2016 at 4:00 pm

        tens nas lojas de produtos naturais, tipo aquelas a que nós vamos tipo peregrinação nos nossos passeios por lisboa! :D ela usa este açúcar (que também pode ser feito em casa se desidratares as tâmaras), mas quero experimentar fazer os doces dela com pasta para testar as equivalência porque é bem mais fácil de arranjar (e barato). bjs

        • NotGuiltyPleasure
          Reply NotGuiltyPleasure Outubro 16, 2016 at 11:10 am

          Ahah peregrinação, sim, de mochila às costas e cajado na mão, que subir as colinas de Lisboa não é obra fácil! Eu achava que eram as tâmaras simples, trituradas, foi o que me pareceu lá no showcooking! Temos de combinar mais uma romaria às lojas bio para me mostrares isso ;)

          **

  • Reply Naturally Andy Outubro 9, 2016 at 9:57 pm

    Que ótima sugestão, gostei mesmo muito! Sempre adorei croquettes e adoro a ideia de os poder fazer não só numa versão totalmente veggie como sem utilizar frituras :D Vou já experimentar a receita cá em casa também, não tenho veggie babies mas os maridos às vezes é quase como se fossem crianças a comer ahaha :P Beijinho grande, gostei muito do post!

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Outubro 16, 2016 at 11:16 am

      Ahahaha, verdade Andreia, eles às vezes são piores que miúdos, fazem cara feia ao que há no prato e temos de dizer “come e cala-te” :P Experimenta sim, acho que é uma receita fantástica da Gabriela e como têm os frutos secos à volta, tostadinhos no forno ficam uma delícia!

      Obrigada e beijinho**

  • Reply Maria Abreu Outubro 10, 2016 at 12:09 pm

    Que bom aspeto, vou experimentar! Uma boa ideia para a minha filha conseguir comer legumes, o que não é fácil. :-) Obrigada pela partilha!

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Outubro 16, 2016 at 11:11 am

      Maria, é mesmo boa ideia, porque o sabor fica muito subtil, embora esteja lá! ;) obrigada eu! **

  • Reply The Brunette's Tofu Outubro 28, 2016 at 8:58 am

    Mais uma para o meu livrinho de receitas a experimentar. A-D-O-R-O!

    obrigada *

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Outubro 29, 2016 at 11:17 am

      Estes croquetes são mesmo deliciosos, acho que vais gostar muito :)

      Beijinho*

  • Reply Rute Dezembro 21, 2016 at 3:18 pm

    É possível usar outro tipo de fruto seco como, por exemplo, nozes?
    Estou super entusiasmada para tentar, tem um otimo aspeto!

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Dezembro 21, 2016 at 6:59 pm

      Olá Rute, claro que sim, a receita original usa amêndoas e não as avelãs, penso que nozes também ficará bastante saboroso! :)

  • Reply Croquetes de Grão, Brócolos e Amêndoa - Happy Food Happy People Janeiro 8, 2017 at 12:00 pm

    […] num destes dias de indecisão quanto ao cardápio vi esta receita e fiquei inspirada. Adicionei-lhe o grão (que tinha cozido no frigorífico) e o resultado […]

  • Reply Alexandra Almeida Fevereiro 8, 2017 at 8:00 am

    Bom dia.
    Primeiro que tudo parabéns pelo blog. Devo dizer que já fiz algumas receitas e que são uma verdadeira delícia
    Quanto a estes croquetes, depois de fazer a massa, e antes de irem ao forno, posso congelar!? E ainda, quantos dias duram no frigorífico depois de assados!?
    Obrigada e continuação do bom trabalho!

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Fevereiro 8, 2017 at 7:00 pm

      Olá Alexandra, que bom saber saber que gosta do blog e que as receitas que fez correram bem, fico muito feliz! :)
      Os croquetes podem ser congelados sem problemas e ser colocados depois no forno para dourarem e ficarem crocantes. Quanto aos dias que duram no frigorifico vou fazer uma estimativa para uns 3 dias, quando bem acondicionados. É que cá em casa não duram mais que umas horas, por isso estou a dar um palpite ihih
      Obrigada e beijinho

    Leave a Reply

    Powered by themekiller.com