Receita

“Carbonara” de Espinafres e Tomate Seco

Os seguidores mais antigos aqui do blog talvez se lembrem que no início eu publicava muitas receitas com massa e que actualmente não é ingrediente que tenha aparecido por aqui. Isto deve-se a algumas razões.

Em primeiro lugar, descobri que havia vida para além da massa e do arroz! Coisas como quinoa, millet ou cevada começaram a entrar na panela em vez da massa.

Depois, comecei a perceber que comer massa muitas vezes me deixava indisposta. Assim como o pão. Vamos portanto culpar o trigo, que já tem as costas largas e deixar de o comer para ver o que acontece. Resultado: muitas melhorias, deixei de ter a sensação de inchaço e de peso no estômago que sentia quando comia. Afinal trigo, não te safas da culpa! Reduzi então a massa e o pão cá em casa.

Processed with VSCO with c1 preset

Por último, quando faço receitas de massa cá em casa, como são tão raras, calham sempre as mesmas, as preferidas, que já aqui estão escritas para vocês. Ou é a massa com cogumelos e natas ou a massa com cogumelos, alho e coentros. Não passa disto. Eventualmente uma massa com legumes guisados ou um esparguete à bolonhesa.

Mas isto não significa que deixei de gostar de massa, um bom prato de esparguete continua a ser uma das minhas coisas preferidas e no outro dia estava mesmo com vontade de me atirar a uma pratada de pasta. Não me apetecia o mesmo de sempre e fiz um twist na minha carbonara habitual e saiu esta mega maravilha que agora me faz pensar que tenho de investir numa boa massa sem glúten para poder comer isto todos os dias!!! 😁

(Já agora, digam-me, usam massa sem glúten? Qual a vossa preferida?)

Processed with VSCO with c1 preset

Ingredientes (para 2 pessoas)

  • Esparguete a gosto, para 2 pessoas (usei de espelta, integral)
  • 1 cebola média, em meias luas finas
  • 1 dente de alho grande, picado
  • 1 cogumelo portobello grande, às fatias
  • 4 tomates desidratados, em pedacinhos
  • 4 cubos de espinafres congelados ou 2 mãos cheias de espinafres frescos
  • 1/2 chávena / 125 mL de natas vegetais
  • 1 colher de sopa bem cheia de pasta de miso branco
  • 1 colher de sopa de levedura de cerveja em pó (um pouco mais se for em flocos)
  • 1/2 colher de café de paprika fumada
  • Manjericão fresco a gosto
  • Sal, pimenta preta e azeite q.b.

Como preparar

  1. Coza o esparguete conforme indicação da embalagem.
  2. Enquanto o esparguete coza prepare o resto: Num tacho, em lume médio, coloque a cebola, o alho e um fio de azeite e deixe amolecer e alourar.
  3. Junte os tomates secos (pode colocá-los de molho em água quente uns minutos para amolecerem antes de cortar), os cogumelos, uma pitada de sal e a paprika fumada. Misture bem e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, até que os cogumelos comecem a amolecer.
  4. Acrescente os espinafres (se forem congelados, parta os cubinhos em 4 pedaços para se soltarem melhor), envolva e quando estiver pronto, baixe o lume e junte o esparguete já escorrido.
  5. Adicione as natas vegetais, envolva para que se misture em toda a massa, apague o lume e junte a pasta miso e a levedura de cerveja. Mexa bem, para misturar o miso em toda a massa, tempere com sal e pimenta preta e acrescente o manjericão, picado, a gosto.

Processed with VSCO with f2 preset

Previous Post Next Post

You Might Also Like

19 Comments

  • Reply Rute Jacinto Agosto 21, 2016 at 3:05 pm

    OLá,gostei imenso desta receita, tb evito comer mto trigo. Nunca vi este esparguete à venda, onde é que pode comprar?
    Obrigado

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Setembro 10, 2016 at 10:32 am

      Rute, já te respondi, mas aqui fica novamente! ;) Foi no Brio, em Lisboa

  • Reply Inês Agosto 22, 2016 at 7:11 pm

    Que aspecto delicioso, tenho que experimentar! :) Também evitas comer seitan por causa do gluten e do trigo? Já vi à venda seitan de espelta, já experimentaste? Desde que cortei nos produtos de origem animal, seitan é o que me custa mais consumir devido ao elevado teor de gluten. :(

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Setembro 10, 2016 at 9:14 am

      Obrigada Inês! Sim, tenho evitado, eu costumo fazer o seitan em casa e já não faço há vários meses, nem sinto grande falta. O seitan é só glúten de trigo puro, se tens alguma sensibilidade é normal que custe, mas podes apostar em outros alimentos, mais vegetais e o tofu p.ex, dão uma ajuda na transição! Nunca vi seitan de espelta à venda, se encontrar talvez experimente para ver o que acho! :)

  • Reply Limited Edition Agosto 25, 2016 at 3:28 pm

    deve ser mesmo boa esta carbonara. gosto do toque do miso, achas que posso substituir pelo mais escuro que é o que costumo utilizar e tenho em casa? já vi esse esparguete de espelta em algum lado… :p

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Setembro 10, 2016 at 10:31 am

      podes claro, eu punha era um pouco menos que o sabor do miso escuro é mais intenso! Olha é bem boa esta massa mas tenho de experimentar agora a de millet que fiquei muito curiosa!

  • Reply Alexandra Agosto 29, 2016 at 9:55 pm

    Massa de arroz. Além de ser deliciosa, é super rápida de cozinhar :)

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Setembro 10, 2016 at 9:10 am

      Gosto muito de massa de arroz, mas prefiro em prátos asiáticos, aí é uma delícia! Nestes gosto de uma massa mais substancial eheh :P

  • Reply Mariana Agosto 31, 2016 at 10:45 am

    Olá Patrícia, estás em sintonia comigo… Também ando a tentar reduzir o glúten cá por casa, a minha “barriga” andava-se a queixar muito e chegou a altura de ouvir o que ela tem para me dizer.

    Mas bem… essa massa tem cá um aspecto!! Yummy yummy (e pensar que no final do mês vou para Itália, nem vou tentar controlar-me! ihihih).

    Beijinhos e um dia muito feliz para ti!

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Setembro 10, 2016 at 9:09 am

      Eheh acho que fazes muito bem, depois retonas a alimentação normal por cá! :) Eu nem é bem reduzir o glúten, por que a espelta continua a ter glúten, o trigo é que me tem chateado um bocado, ando a tentar substituir por outros cereais! Obrigada, beijinhos e uma excelente viagem!! :)

  • Reply Filipa Fernandes Setembro 4, 2016 at 11:08 am

    Olá, esta receita tem excelente aspecto. Tenho de experimentar! A espelta é um trigo mais antigo, mas nao esta isento de gluten. As massas que mais uso sao as de arroz e a soba (trigo serraceno)

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Setembro 10, 2016 at 9:04 am

      Olá Filipa, obrigada! sim a espelta tem glúten, mas o que sinto que me altera a digestão é mesmo o trigo, não tenho problemas com a espelta ou a cevada por ex. Gosto muito da massa soba e de arroz mas uso-as mais em pratos asiáticos que é onde acho que ficam melhores! :)

  • Reply Micaela Setembro 5, 2016 at 3:51 pm

    Olá,

    Olá,
    Depois de várias tentativas e desistências, finalmente encontrei um esparguete que fica muito bom e parecido ao de trigo é este aqui:
    http://www.semgluten.pt/index.php?id_product=1171&controller=product
    mas o segredo é quando parece já estar pronta desligar o fogo e deixar a panela tapada mais uns minutos.

    • Reply La Vie en Vege Setembro 7, 2016 at 8:47 am

      Boa dica. Vou testar! Obrigada.

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Setembro 10, 2016 at 10:29 am

      Obrigada Micaela, por acaso nunca encontrei esta, tenho de procurar melhor! :)

  • Reply La Vie en Vege Setembro 7, 2016 at 8:40 am

    Por mais que me custe admitir, porque adoro, a verdade é que também noto que me sinto bem melhor quando evito as massas de trigo e o pão… Agora são só para dias de festa… Mas ainda não consegui que as outras massas ficassem tão gulosas … como tudo, deve ser uma questão de hábito!
    Essa carbonara parece-me tão delícia que acho que nem vou sentir falta de gluten!
    Acho quer vai ser o meu jantar! Vou usar é miso mais escuro, porque tambném não tenho branco. Depois conto o resultado.
    Bj

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Setembro 10, 2016 at 9:01 am

      Eu continuo a comer glúten, na cevada, na espelta (que é o caso deste esparguete), mas sinto que o e me faz mesmo problemas é o trigo e não o glúten em si, porque fico bem com os outros alimentos! Esta massa de espelta é muito boa e não noto diferença para as integrais de trigo :) mas quero experimentar mesmo sem glúten para ver como fica! Sempre fizeste a receita? Com miso escuro deve ser delicioso também! Beijinhoos e obrigada :)

  • Reply Lee Outubro 12, 2016 at 11:38 am

    Que receita maravilhosa! Aqui em casa também se passou o mesmo com a massa. Agora compro ocasionalmente massa integral ou variantes de milho, arroz, etc (por vezes compensa comprar em quantidade na Amazon, a marca Rizopia vende uns noodles para lasanha deliciosos)há massas óptimas que compro assim online, de abóbora, de edamame, de feijão – torna-se engraçado experimentar assim com as receitas! Miso também é algo que tenho gostado imenso de adicionar às receitas para adicionar um toque de sabor :) Tenho que experimentar esta receita, confesso que nunca usei levedura de cerveja (só a nutricional, normal) e estou bastante curiosa!

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Outubro 16, 2016 at 11:00 am

      Olá Lee, muito obrigada! :) Massa de abóbora parece bastante curioso, nunca vi, já vi de tomate e espinafres. Actualmente a minha preferida é a massa de trigo sarraceno, acho bem saciante e imita bem a sensação da massa de trigo! E gosto muito da levedura de cerveja com o miso, acho uma combinação deliciosa. A nutricional nunca provei, sempre achei que era a mesma coisa que a de cerveja mas tenho percebido que não, embora ache que são muito semelhantes. Compras a levedura nutricional online?

      Beijinho*

    Leave a Reply

    Powered by themekiller.com