Receita

Bolo de Frutos Secos e Especiarias

Acho que não havia melhor receitar para começar o ano aqui no blog do que a deste bolo irresistível, vinda de um livro que adoro e que a cada página apetece correr para a cozinha, ligar o forno e começar a cozinhar!

Tenho um fraquinho por doces. Um fraquinho não….uma paixão! Para mim o dia tem de ter sempre um minutinho para adoçar a boca. O meu grande problema é que tenho muuuitos minutinhos doces e se há algo em casa de que gosto não consigo mesmo resistir. Sei que isto é mesmo um vício e que para bem da minha saúde tenho de começar a controlar-me, por isso achei que deveria rodear-me de açúcares menos prejudiciais para o meu organismo. Já há algum tempo que da minha despensa aboli o açúcar branco, acabei com o resto do açúcar amarelo nesta época do Natal e que adoço os meus dias com açúcar de cana, geleia de arroz, xarope de ácer ou de agave, frutas frescas e secas.

Quando comprei este livro adorei ver que as receitas estavam de acordo com esta minha mudança, usando açúcares naturais e gorduras não refinadas, sempre em pouca quantidade. Para além disso o livro leva-nos à descoberta de várias farinhas diferentes da de trigo, como a de espelta, centeio, aveia, trigo-sarraceno ou arroz, entre tantas outras! A maioria das receitas são doces, mas tem algumas salgadas como vários tipos de pães, crackers e massa para tartes.

livro

É já um dos meus preferidos (como acho que podem ver pela foto) e aconselho muito a quem gosta de ligar o forno e colocar as mãos na massa! :)

Para estrear o livro escolhi este bolo de frutos secos que foi das receitas que mais me chamou a atenção. Apesar de algumas ligeiras alterações que fiz, o bolo ficou delicioso e foi perfeito para a ceia de Dia de Reis cá em casa. Fofo, doce na quantidade certa, com os frutos secos crocantes e o sabor quentinho das especiarias, seja morno ou frio, este bolo é uma perdição e não durou muito cá por casa.

Sim, eu sei, bem posso mudar o tipo de açúcares que uso, mas o mais importante é reduzir a quantidade em que os como. Baby steps, baby steps… 

bolodefrutossecos

(Adaptado do livro Whole Grain Vegan Baking)

Ingredientes

  • 1/2 chávena de açúcar de cana (compro este, no Jumbo)
  • 3/4 chávena de mistura de passas e arandos vermelhos
  • 1/2 chávena bem cheia de nozes picadas
  • 1/2 chávena bem cheia de avelãs picadas
  • Raspa de 1 laranja pequena
  • 1 colher de sobremesa de canela em pó
  • 1/4 colher de sobremesa de noz moscada
  • 1/3 colher de sobremesa de gengibre em pó
  • 210g de farinha de espelta integral
  • 2 colheres de sopa de amido de milho (maizena)
  • 2 colheres de sobremesa de fermento em pó
  • 1/2 colher de sobremesa de sal fino
  • 1 chávena de leite vegetal
  • 1/2 chávena de leite de coco (o normal, não o light)

Como preparar

Numa taça grande juntar o açúcar, os frutos secos, as especiarias, o sal, a farinha, o amido de milho e o fermento. Envolver bem.

Noutra taça misturar o leite vegetal com o leite de coco e a raspa de laranja.

Adicionar os ingredientes húmidos aos secos e envolver bem até que tudo fique bem misturado.

Colocar a massa de bolo numa forma de bolo inglês forrado com papel vegetal e levar ao forno a 180º durante 40 minutos ou até o teste do palito mostrar que o bolo está cozinhado.

NOTAS:

  • 1 chávena = 250 mL
  • Na receita original é usada farinha de cevada em vez da de espelta e iogurte vegetal (natural ou sabor a baunilha), que substituí por leite de coco porque não tinha.
  • A forma que usei é de 30cm de comprimento. Caso usem uma forma mais pequena tenham em atenção que o bolo vai ficar mais alto e o tempo de cozedura no forno deverá aumentar.
Previous Post Next Post

You Might Also Like

10 Comments

  • Reply Sandra Ribeiro Janeiro 9, 2015 at 3:47 pm

    Que perdição! Eu também me perco por um bom doce, saudável, claro!
    Beijos!

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Janeiro 9, 2015 at 9:53 pm

      Sou uma gulosa sem remédio Sandra :P beijinhoo

  • Reply Green Food Janeiro 9, 2015 at 5:10 pm

    Deve ser tão bom… o Bruno não gosta de passas, mas azar :P
    Olha se substituir por farinha de centeio achas que resulta?

    Beijinhos

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Janeiro 9, 2015 at 9:46 pm

      É delicioso!! :) opa oh Sónia, coitado do rapaz eheh ele não gosta de arandos? Também podes pôr outras coisas, na receita original dizia para pôr figos secos aos bocadinhos! E sim, acho que podes substituir, nunca usei farinha de centeio, não sei como se comporta, mas tenta e depois diz-me! ;)

      beijinhoooo

      • Reply Green Food Janeiro 11, 2015 at 11:56 am

        Vou usar tâmaras :)
        Tenho receio da textura que fica com a farinha de centeio, já tenho usado mas juntamente com a de trigo.
        Vou fazer agora.
        Beijos

        • NotGuiltyPleasure
          Reply NotGuiltyPleasure Janeiro 17, 2015 at 3:16 pm

          Depois conta como ficou :)

  • Reply Gori Janeiro 10, 2015 at 7:51 pm

    Como te entendo! Essa é uma questão que tenho andado a trabalhar em mim mesma nos últimos meses. A minha despensa anda igual à tua, doces só faço quando tenho bastante companhia para os degustar, e o único “pecado” que me concedo na maior parte dos dias é um e só um, quadrado de chocolate. Digamos que a fruta é que tem aumentado bastante para compensar :)
    Adorei este teu bolinho tão aromático, é o acompanhamento perfeito para uma chávena de chá, nham!
    Beijinhos e um bom ano

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Janeiro 17, 2015 at 3:16 pm

      Para gulosas como nós é mesmo difícil não é Gori? O meu problema também é os frutos secos, as ameixas, tâmaras, figos, etc…. Tenho sempre disso nem casa para juntar aos cereais mas é uma desgraça porque depois ataco-os e lá vai uma boa parte do stock :S Ao menos chocolate nem gosto assim tanto, dessa tou safa :P
      O bolo é mesmo bom com chazinho, sim, morninho então ainda melhor :)

      beijinhoo**

  • Reply Ginja Janeiro 21, 2015 at 6:13 pm

    Eu sou tão gulosa! Tento sempre deixar os pecados maiores para o fim semana, e ir reduzindo os açúcares e os produtos refinados, mas às vezes há que fazer uma bomba. Mas ao fim acabo por preferir este tipo de bolinhos, simples e sem grandes quantidades de gordura ou doce. Este deve ser tão bom!! A ver se o experimento. E esse livro, olha que já ando de olho nele.
    Um beijinho.

    • NotGuiltyPleasure
      Reply NotGuiltyPleasure Janeiro 21, 2015 at 10:54 pm

      És gulosa tu e eu, não consigo evitar, já nem é defeito é feitio :P
      O livro é maravilhoso, adoro-o, acho que também irias gostar :)

      beijinho***

    Leave a Reply

    Powered by themekiller.com